Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Surfe: com 3 brasileiros na briga pelo título, etapa de Pipeline deve recomeçar nesta quarta

Filipe Toledo, Adriano de Souza e o australiano Mick Fanning podem se sagrar campeões já nesta tarde, quando a terceira fase deve recomeçar

A sequência da última etapa do Mundial de surfe, em Pipeline, no Havaí, foi adiada mais uma vez nesta terça-feira devido ao movimento fraco do mar. No entanto, segundo a organização da WSL, a Liga Mundial de Surfe, uma nova chamada será feita nesta quarta-feira, às 15h30 (de Brasília) e a previsão do tempo é animadora. Três brasileiros brigam pelo título: Gabriel Medina, o último campeão, Filipe Toledo e Adriano de Souza, o Mineirinho.

Leia também:

Os jovens lobos do mar

Mundial de Surfe: Toledo e Mineirinho vencem na repescagem e avançam à terceira fase em Pipeline

Em busca do bi, Medina explica início ruim: ‘Sou moleque, tenho tentações’

As baterias da terceira fase em Pipeline vêm sendo adiadas desde domingo devido ao clima desfavorável, mas ventos mais fortes são esperados para esta quarta, especialmente no período da manhã havaiana (tarde no Brasil). Mais tarde, as ondas tendem a diminuir gradualmente, mas mesmo assim deve haver condições suficientes para a prática do surfe e o título mundial pode ser decidido nesta noite.

Enquanto isso, a cresce a ansiedade do australiano Mick Fanning e dos brasileiros Filipe Toledo e Adriano de Souza, os três atletas que podem conquistar o título já na terceira fase em Pipeline. A Filipinho, basta que os outros quatro concorrentes ao título (a lista também conta com Gabriel Medina e Julian Wilson) não avancem na disputa para que ele se sagre campeão, ainda que o brasileiro não vença seu adversário, o havaiano Mason Ho.

Já Fanning também precisa contar com a eliminação dos oponentes, além de superar Jamie O’Brien para passar de fase, em situação idêntica ao brasileiro Mineirinho, que encara o irlandês Glen Hall. Caso nenhum desses cenários se concretize, a decisão do título pode ficar para quinta-feira, quando serão realizadas as finais se houver condições climáticas favoráveis. Gabriel Medina, por sua vez, precisará avançar à decisão e torcer contra seus adversários em uma combinação de resultados. A janela para realização do evento vai até o dia 20 de dezembro, próximo domingo.

As baterias da terceira fase em Pipeline:

1. Gabriel Medina x Jordy Smith

2. Bede Dubidge x Keanu Asing

3. Italo Ferreira x C.J. Hobgood

4. Kelly Slater x Michel Bourez

5. Mick Fanning x Jamie O’Brien

6. John John Florence x Taj Burrow

7. Filipe Toledo x Mason Ho

8. Joel Parkinson x Kai Otton

9. Jeremy Flores x Sebastian Zietz

10. Julian Wilson x Adam Melling

11. Josh Kerr x Adrian Buchan

12. Adriano de Souza x Glenn Hall

(da redação)

Member of The Internet Defense League