Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sunderland demite jogador que admitiu ter beijado menina de 15 anos

Adam Johnson, meia com passagem pela seleção inglesa, confessou "atividade sexual" com uma menor de idade, depois de tê-la aliciado pela internet

O meia inglês Adam Johnson foi demitido pelo Sunderland, um dia depois de se declarar culpado em uma acusação de “atividade sexual” com uma menor de idade. “Diante das confissões de culpa de Adam Johnson, o clube encerrou hoje seu contrato com efeito imediato”, informou o Sunderland nesta quinta-feira, em comunicado. “O clube não fará mais comentários”, encerrou a equipe inglesa. A empresa de material esportivo Adidas informou que também cancelou o contrato de fornecimento de chuteiras que mantinha com Johnson.

O jogador com passagens pela seleção inglesa admitiu, em depoimento no tribunal de Bradford, no norte da Inglaterra, na quarta-feira, que beijou uma menina de 15 anos, que teve sua identidade preservada, depois de tê-la aliciado pela internet. Ele, entretanto, negou outras duas acusações de envolvimento com menores de 16 anos. Seu caso será formalmente julgado a partir desta sexta-feira.

Johnson, de 28 anos, admitiu que sabia que a garota com quem se envolveu era menor de idade. Ele foi detido em 2 março de 2015, e na época foi suspenso pelo Sunderland. O clube, no entanto, cancelou a punição depois que o jogador foi liberado por meio de pagamento de fiança. Nesta temporada, Johnson disputou apenas quatro jogos pelo Sunderland e vem sofrendo com recorrentes lesões.

O jogador, que fez 12 partidas pela seleção inglesa, é acusado de ter aliciado e depois beijado uma menina de 15 anos entre 30 de dezembro de 2014 e 26 de fevereiro de 2015, quando sua mulher, Stacey Flounders – que o acompanhou no julgamento – estava grávida do primeiro filho do casal.

Adam Johnson atuou em doze partidas e marcou dois gols pela seleção inglesa

Adam Johnson atuou em doze partidas e marcou dois gols pela seleção inglesa (/)

(da redação)

Member of The Internet Defense League