Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Seleção francesa suspende Benzema por suspeita de chantagem

Envolvido em escândalo sobre vídeo erótico do companheiro Valbuena, atacante do Real Madrid pode ficar fora da Eurocopa de 2016, em seu país

O atacante Karim Benzema foi suspenso por tempo indeterminado da seleção francesa devido ao envolvimento no caso de chantagem contra seu colega de equipe, Mathieu Valbuena, que vem sendo investigado pela Justiça do país. “Eu decidi, é uma decisão do presidente da federação francesa, e não do comitê executivo ou do comitê de ética, que Karim Benzema não pode jogar pela França até que a situação se resolva”, disse Noel Le Graet, presidente da federação, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Leia também:

Benzema se defende sobre chantagem: ‘Só quis ajudar’

Valbuena abre o jogo sobre chantagem de Benzema: ‘Não faria isso nem com meu pior inimigo’

Gravação obtida por emissora francesa compromete Benzema em caso de chantagem

Suspeito de chantagem, Benzema volta a treinar e recebe apoio do Real Madrid

Le Graet não foi específico, mas deu a entender que o jogador do Real Madrid não poderá ser chamado pela equipe nacional até que seja condenado ou inocentado. Casos semelhantes na França se arrastaram por meses e não há garantia de que esse inquérito seja concluído antes que o país receba a Eurocopa de 2016, em junho. “Faço um apelo ao sistema judiciário para acelerar o processo, para que esses dois rapazes possam estar juntos na frente do juiz, e também na federação francesa, para que a sanção possa ser final”, completou Le Graet.

O dirigente revelou que o técnico Didier Deschamps aceitou a medida, embora não tenha ficado satisfeito. Le Graet finalizou dizendo que não tinha muitas opções dado o destaque internacional recebido pelo caso e pelo fato de a Justiça ter impedido Benzema de entrar em contato com Valbuena. Ele disse que “Benzema é uma pessoa formidável, mas nasceu em um bairro complicado e nunca mudou de amigos”, mas deixou claro que está do lado do jogador do Lyon. “Valbuena é a vítima, ele não fez nada.”

Karim Benzema e Mathieu Valbuena

Karim Benzema e Mathieu Valbuena (/)

O caso – Benzema e Valbuena atuam há vários anos juntos pela seleção francesa e eram bastante próximos. No entanto, o jogador do Lyon foi surpreendido ao saber que Benzema poderia estar envolvido em um caso de chantagem contra ele. Em agosto, Benzema sugeriu a Valbuena que pagasse 150.000 euros a criminosos que teriam roubado um vídeo seu, de conteúdo sexual, para que a gravação fosse destruída.

No entanto, escutas telefônicas mostraram Benzema conversando, entre piadas e ofensas a Valbuena, com um amigo de infância, que seria o intermediário da negociação. “Eu me sinto um idiota. Eu não posso defender o indefensável. Não faria isso nem com meu pior inimigo”, desabafou Valbuena ao jornal Le Monde, sobre as escutas telefônicas.

“Ele não foi agressivo em sua forma de falar, não falou de dinheiro de forma concreta, mas disse para eu me encontrar com uma pessoa. Indiretamente, isso quer dizer que ele queria que eu pagasse para destruir o vídeo”, afirmou Valbuena. “Não sou tão ingênuo de pensar que alguém destruiria o vídeo gratuitamente.”

O ex-jogador Djibril Cissé também foi investigado por participação no caso e chegou a ser detido, mas foi liberado após prestar esclarecimentos. Segundo Valbuena, Cissé é inocente. Valbuena afirmou que “a relação com Benzema não é tão sincera como pensava”, mas disse que aguardará a conclusão das investigações antes de acusar o companheiro de traição.

O jogador do Lyon foi convocado a prestar novo esclarecimento à Justiça francesa em 20 de novembro. Benzema foi indiciado por “cumplicidade em tentativa de chantagem”, além de ser obrigado a manter distância de Valbuena. Ele disse ser inocente e que tudo não passou de “um mal-entendido”.

Políticos da França já haviam pedido pelo afastamento de Benzema da seleção. O jogador de 27 anos tem origem argelina e é constantemente criticado por não cantar a Marselhesa, o hino francês, antes das partidas da seleção – o astro Zinedine Zidane, também filho de argelinos, fazia o mesmo.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League