Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rogério Ceni admite falha no clássico; Pato critica goleiro

Ídolo são-paulino falhou mais uma vez contra o Palmeiras, aos 47 minutos do segundo tempo, deixando o time fora do G4

O empate em 1 a 1 no clássico entre São Paulo e Palmeiras, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, terminou com gosto de derrota para os são-paulinos e, especialmente, para Rogério Ceni. Aos 47 minutos do segundo tempo, quando o São Paulo apenas administrava o resultado de 1 a 0, o goleiro resolveu sair jogando com os zagueiros, mas o meia Robinho interceptou a bola e encobriu Ceni – quase uma repetição do gol de cobertura na vitória de 3 a 0 do Palmeiras sobre o rival no Campeonato Paulista, em março.

Leia também:

São Paulo quer ajuda de Abílio Diniz, Justus e Zezé di Camargo para ter fundo de R$ 100 milhões

Técnico Osorio compara Pato a Robben, Ribéry e Di María

O capitão do São Paulo assumiu a falha: “A nossa atuação foi muito boa. Nosso time se propôs a jogar o tempo todo, não deu chutão o jogo inteiro, sempre saímos jogando. Talvez se tivesse dado um chutão, teríamos saído vencedores. O erro, sem dúvida, é meu”. O atacante Alexandre Pato não poupou o goleiro e reclamou aos jornalistas após o empate. “Essa bola é pra quebrar, não pra ficar jogando”, disse ele. O resultado manteve o São Paulo fora do G4, na sexta posição, com os mesmos 43 pontos do Santos, que tem vantagem no saldo de gols. O empate foi comemorado pelo Palmeiras, que permanece na briga pela vaga na Libertadores, na quarta colocação, com 45 pontos.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League