Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio-2016: Itaquerão receberá 10 jogos e disputa pelo bronze

Arena do Corinthians foi oficializada como uma das sedes do futebol olímpico em cerimônia que contou com Nuzman, Alckmin e Haddad.

A cidade de São Paulo foi oficializada nesta quarta-feira como uma das seis sedes do futebol na Olimpíada do Rio de Janeiro, em cerimônia na arena do Corinthians, estádio que receberá as partidas em 2016. O evento em Itaquera contou com a presença do governador Geraldo Alckmin e do prefeito Fernando Haddad, que assinaram o contrato em nome do Estado e do município, além do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Carlos Arthur Nuzman, e do presidente do Corinthians, Roberto de Andrade. O Itaquerão receberá dez partidas da Olimpíada, entre as chaves masculina e feminina: seis pela primeira fase, dois pelas quartas de final, um pela semifinal (masculina) e a disputa pelo terceiro lugar (feminina).

Leia também:

Rio-2016: organizadores prometem abertura criativa e econômica

Custo da Olimpíada do Rio sobe e chega a R$ 38,67 bilhões

Ingressos para a Rio-2016: a partir de outubro, leva quem for mais rápido

Especial VEJA: Um novo horizonte para o Rio

A organização informou que serão sete dias de jogos, três deles com rodadas duplas. Os jogos olímpicos do Rio serão disputados entre 5 e 21 de agosto, mas a primeira partida de futebol em São Paulo será no dia 3, antes da abertura oficial, e o último será em 19 de agosto. As seleções que irão jogar em São Paulo serão conhecidas até abril de 2016, mas os dirigentes garantiram que São Paulo receberá ao menos um jogo do Brasil.

“Temos a melhor expectativa possível em relação aos Jogos Olímpicos do ano que vem. Em parceria com o Estado, pretendemos oferecer os mesmos serviços e infraestrutura que oferecemos ao longo da Copa do Mundo”, disse o prefeito Haddad. “Pode ser que nós recebamos em São Paulo mais delegações do que na Copa do Mundo. É provável que isso ocorra, são 206 países e 11.000 atletas. Devemos receber delegações de vários países do mundo, das mais variadas modalidades”, afirmou o governador Geraldo Alckmin.

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, revelou que o clube cederá o estádio de graça ao governo. “É um prazer para o Corinthians receber os Jogos Olímpicos. Agradeço ao prefeito, ao governador e ao Nuzman. É uma honra colocar a nossa casa a serviço do Estado”. O futebol olímpico será disputado em outras cinco cidades e seis estádios: Belo Horizonte (Mineirão), Rio de Janeiro (Maracanã e Engenhão), Brasília (Mané Garrinha), Salvador (Fonte Nova) e Manaus (Arena da Amazônia).

Pacaembu – O Corinthians ficará impedido de atuar em seu estádio durante os Jogos Olímpicos e por isso voltará a mandar suas partidas no Pacaembu, assim como fez por mais de mais de seis décadas. Como retribuição ao clube, que cedeu o Itaquerão para a Rio-2016, a Prefeitura de São Paulo ofereceu o Pacaembu de graça.

(com Gazeta Press)

Member of The Internet Defense League