Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio-2016: australianos terão preservativos que protegem

Os preservativos vêm com lubrificante que neutralizaria vírus sexualmente transmissíveis

Os atletas australianos que participarão dos Jogos Olímpicos do Rio, entre 5 e 21 de agosto, receberão preservativos que protegem “quase completamente” contra o vírus zika, segundo os fabricantes dos itens. O Comitê Olímpico Australiano anunciou nesta segunda-feira a medida em comunicado. “Essa abordagem foi um senso comum para um problema muito sério que estamos enfrentando no Rio”, declarou Kitty Chiller, a chefe da equipe.

A Organização Mundial de Saúde declarou status de emergência de saúde pública por causa do zika. Segundo a entidade, o vírus está relacionado ao recente surto de microcefalia em recém-nascidos.

As empresas Starpharma Holdings e Ansell se juntaram para produzir preservativos com lubrificante que contém um agente antiviral – este neutralizaria vírus que causam infecções sexualmente transmissíveis. A Starpharma disse em comunicado que esse lubrificante mostrou quase completa proteção antiviral contra o zika em estudos de laboratório.

EUA – O Comitê Olímpico dos Estados Unidos formou um grupo que vai estabelecer as melhores práticas e fornecerá informações para os atletas e outros membros da delegação que viajarem ao Brasil para os Jogos. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA aconselhou recentemente as mulheres grávidas a avaliarem se devem vir aos Jogos e aos seus parceiros sexuais a usarem preservativos depois da viagem por um período ou se absterem de sexo durante a gravidez. E recomendou a todos os viajantes o uso de repelentes.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League