Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ramires deixa o Chelsea e se torna a contratação mais cara da China

Jiangsu Suning pagou cerca de 144 milhões de reais pelo volante. Depois do Brasil, Europa também virou alvo do milionário futebol chinês

Os clubes chineses definitivamente não estão para brincadeira. Depois de levar vários destaques do Campeonato Brasileiro, equipes da China investiram pesado no fim da janela de transferências na Europa. Nesta quarta-feira, o Chelsea confirmou a venda do volante Ramires ao Jiangsu Suning, time da primeira divisão chinesa – que recentemente teve uma negociação com o atacante Luiz Adriano frustrada.

Leia também:

‘Reis’ brasileiros na Ásia garantem que jogar na China vale a pena

Santos acerta venda de Geuvânio – para clube chinês, claro

Luxemburgo: ‘China não é barco furado, é transatlântico’

Jiangsu Suning celebrou a chegada de Ramires, a “estrela azul” do Chelsea, em sua conta no Twitter

Jiangsu Suning celebrou a chegada de Ramires, a “estrela azul” do Chelsea, em sua conta no Twitter (/)

Os clubes não divulgaram os valores da negociação, mas vários jornais ingleses informaram que o Jiangsu Suning pagou 25 milhões de libras (144 milhões de reais) pelo jogador de 28 anos. Com isso, Ramires superou o também brasileiro Elkeson, vendido nesta temporada ao Shanghai SIPG por 25 milhões de euros (cerca de 110 milhões de reais).

Ramires estava no Chelsea desde 2010, quando foi comprado por 17 milhões de libras junto ao Benfica, e deixa o time londrino com 34 gols em 251 partidas. Sua conquista mais importante foi a Liga dos Campeões de 2012. Ele havia renovado seu contrato até 2019, mas foi seduzido pelos altos valores oferecidos pelo emergente futebol chinês.

Seu novo clube foi o nono colocado na última edição do Campeonato Chinês. O Jiangu Suning tem em seu elenco o meia brasileiro Samir, que se naturalizou croata e defendeu a seleção europeia na última Copa do Mundo e é dirigida pelo romeno Dan Petrescu, ex-jogador do próprio Chelsea.

Estrelas – Além de Ramires, outros nomes importantes do futebol europeu se renderam à fortuna asiática. Nesta quarta-feira, o Shanghai Shenhua anunciou a contratação do meia colombiano Fredy Guarin, um dos principais jogadores da Inter de Milão. Um dia antes, o Heibei China Fortune anunciou a contratação do atacante marfinense Gervinho, que estava na Roma.

Na atual janela de transferências, o mercado chinês já tirou do Brasil o zagueiro Gil, o volante Ralf, os meias Renato Augusto e Jadson (todos ex-Corinthians) e os atacante Luis Fabiano (ex-São Paulo) e Geuvânio (ex-Santos). Paulinho, Jucilei e Aloísio, além dos estrangeiros Dario Conca, Walter Montillo, Marcelo Moreno e Hernán Barcos são outros jogadores conhecidos no Brasil que estão na China.

Gervinho foi o destaque da Roma na goleada sobre o CSKA

Gervinho foi o destaque da Roma na goleada sobre o CSKA (/)

(da redação)

Member of The Internet Defense League