Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Protesto contra Dilma força Rio-2016 a buscar nova data para evento-teste do ciclismo

Ambos os eventos estão marcados para o dia 16 de agosto, na praia de Copacabana.

Os protestos convocados para 16 de agosto em todo o país contra o governo da presidente Dilma Rousseff levaram a prefeitura do Rio de Janeiro a buscar uma nova data para realização de evento-teste do ciclismo para a Olimpíada. O Desafio Internacional de Ciclismo de Estrada, um dos 45 eventos-teste para a Olimpíada, estava marcado para o mesmo dia e local das manifestações no Rio (a largada seria na praia de Copacabana).

“Não é adequado segurar a cidade em dia de protesto, algo natural da democracia”, afirmou o prefeito Eduardo Paes (PMDB), nesta terça-feira durante um dos eventos que marcam um ano para o início dos Jogos Olímpicos. “Estão querendo antecipar para sábado, dia 15, mas sábado não dá para fazer”, revelou Paes, acrescentando que o tema ainda não foi resolvido pelas autoridades e o comitê organizador do evento.

Leia também:

O Rio de Janeiro a um ano da Olimpíada

Rio-2016: Brasil deve ter mais de 400 atletas e mira Top 10 no quadro de medalhas

Ingressos para a Rio-2016: a partir de outubro, leva quem for mais rápido

Especial VEJA: Um novo horizonte para o Rio

Cerca de 100 atletas de 20 países têm participação prevista na prova de ciclismo nos Jogos do ano que vem. Na disputa, os ciclistas vão percorrer um trajeto de 165 quilômetros por ruas e avenidas da capital fluminense. O Comitê Rio-2016, responsável pela operação dos eventos-teste dos Jogos, disse que o evento continua marcado para 16 de agosto no calendário oficial. Porém, reconheceu que segue as orientações da administração pública com relação a questões de logística e segurança, e que pode haver mudanças de datas em caso de determinação da prefeitura.

(com agência Reuters)

Member of The Internet Defense League