Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pré-lista da Bola de Ouro tem 3 brasileiros, Guerrero e jogador da 2ª divisão inglesa

Relação com 59 candidatos tem Neymar, Philippe Coutinho e Willian. Argentina, de Messi, é o país com mais concorrentes ao prêmio de melhor do mundo

Uma lista com 59 pré-candidatos à Bola de Ouro da Fifa foi revelada nesta sexta-feira pelos principais jornais esportivos europeus, incluindo o italiano Gazzetta dello Sport e o espanhol Mundo Deportivo. Três brasileiros compõe a pré-lista: Neymar, do Barcelona, Willian, do Chelsea, e Philippe Coutinho, do Liverpool. Há também um representante de um clube brasileiro, mas ele é estrangeiro: o atacante peruano Paolo Guerrero, do Flamengo. Segundo a publicação espanhola, a relação vazou graças a um e-mail enviado pelo Comitê de Futebol da Fifa, presidido pelo francês Michel Platini.

Messi supera Cristiano e Suárez e eleito o melhor da Europa

A votação, que é realizada por capitães e treinadores de todas as seleções filiadas à Fifa e jornalistas, contou com algumas escolhas bizarras: o australiano Massimo Luongo está entre os indicados, mesmo disputando a segunda divisão da Inglaterra, pelo Queens Park Rangers. Outros atletas pouco conhecidos como o ganês André Ayew, do Bournemouth, e o japonês Shinji Okazaki, do Leicester, foram lembrados (as duas equipes foram promovidas à elite inglesa nesta temporada). Cada eleitor tem direito a apenas três escolhas.

A Argentina é o país com mais jogadores indicados (6), seguido por Espanha e Chile (5). Os favoritos são novamente os vencedores das últimas sete edições, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. O brasileiro Neymar e o uruguaio Luis Suárez, que assim como Messi, tiveram uma temporada brilhante pelo Barcelona, correm por fora. A Fifa ainda não confirmou a lista de pré-candidatos (uma relação com 23 nomes será divulgada neste mês). A cerimônia da Bola de Ouro acontecerá em 11 de janeiro de 2016, na sede da Fifa, em Zurique. .

Relação de candidatos por países:

Argentina:

Sergio Aguero (Manchester City), Javier Mascherano (Barcelona), Lionel Messi (Barcelona), Nicolás Otamendi (Manchester City), Javier Pastore (PSG), Carlos Tevez (Boca Juniors)

Australia:

Massimo Luongo (Queens Park Rangers)

Áustria:

David Alaba (Bayern de Munique)

Bélgica:

Thibaut Courtois (Chelsea), Kevin De Bruyne (Manchester City), Eden Hazard (Chelsea)

Brasil:

Philippe Coutinho (Liverpool), Neymar (Barcelona), Willian (Chelsea)

Chile:

Claudio Bravo (Barcelona), Gary Medel (Inter de Milão), Alexis Sanchez (Arsenal), Eduardo Vargas (Hoffenheim), Arturo Vidal (Bayern de Munique)

Colômbia:

Carlos Bacca (Milan), Jackson Martinez (Atletico Madrid), David Ospina (Arsenal), James Rodriguez (Real Madrid)

Coreia do Sul

Heung-Min Son (Tottenham)

Costa do Marfim:

Bony (Manchester City), Yayá Touré (Manchester City)

Croácia

Luka Modric (Real Madrid), Ivan Rakitic (Barcelona)

França:

Karim Benzema (Real Madrid), Antoine Griezmann (Atletico Madrid), Alaxandre Lacazette (Lyon), Paul Pogba (Juventus)

País de Gales:

Bale (Real Madrid)

Alemanha:

Toni Kroos (Real Madrid), Thomas Müller (Bayern de Munique), Emanuel Neuer (Bayern)

Gana:

Christian Atsu (Everton), André Ayew (Bournemouth)

Japão:

Shinji Okazaki (Leicester)

Inglaterra:

Harry Kane (Tottenham), Wayne Rooney (Manchester United)

Itália

Giorgio Chiellini (Juventus), Andrea Pirlo (New York City)

México:

Giovani dos Santos (L.A. Galaxy), Andrés Guardado (PSV Eindhoven)

Holanda

Memphis Depay (Manchester United), Arjen Robben (Bayern de Munique)

Peru

Paolo Guerrero (Flamengo)

Polônia:

Robert Lewandowski (Bayern de Munique)

Portugal:

Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

Espanha

Diego Costa (Chelsea), David De Gea (Manchester United), Andrés Iniesta (Barcelona), Alvaro Morata (Juventus), Sergio Ramos (Real Madrid)

Suécia

Zlatan Ibrahimovic (PSG)

Uruguai:

Edinson Cavani (PSG), Carlos Sanchez (River Plate), Luis Suarez (Barcelona)

(Da redação)

Member of The Internet Defense League