Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prass pega pênalti e Palmeiras derrota o Rosario Central

Equipe brasileira passa sufoco no segundo tempo, mas vence por 2 a 0 com no último minuto de jogo e assume a liderança do Grupo 2 da Copa Libertadores

Com gols argentinos e pênalti defendido pelo ídolo Fernando Prass, o Palmeiras derrotou o Rosario Central por 2 a 0 na noite desta quinta-feira, no Allianz Parque. A vitória sobre a equipe argentina, conquistada no sufoco, deixa o time brasileiro na liderança do Grupo 2 da Copa Libertadores, com 4 pontos. E alivia a pressão sobre o técnico Marcelo Oliveira, que vinha sendo contestado pela irregularidade da equipe.

Em uma noite chuvosa e diante de 36 mil torcedores, o Palmeiras fez dois tempos distintos. Quando era melhor, na primeira etapa, abriu o placar em uma jogada de habilidade e sorte de Cristaldo. O rendimento, porém, caiu no segundo tempo e o Rosario teve a chance de empatar no pênalti cometido por Robinho. Com uma linda defesa, Prass evitou o pior, mas o time argentino continuou pressionando em busca do empate – até o gol de Allione, aos 48 minutos, acabar com o sufoco.

Na quarta-feira que vem o time brasileiro volta a jogar em casa, dessa vez contra o Nacional, do Paraguai.

O jogo – Contestado, Marcelo Oliveira mexeu na equipe para a partida contra o Rosario. Deu mais uma chance para o atacante Cristaldo e colocou o jovem Thiago Martins no lugar do lesionado Roger Carvalho na defesa. A aposta deu certo aos 24 minutos: após Gabriel Jesus trombar com zagueiro, Cristaldo dominou a bola e, todo desengonçado, conseguiu se livrar da marcação e mandou para as redes.

Depois do bom primeiro tempo, porém, o Palmeiras voltou muito mal e foi sufocado pelo adversário. Aos 14, Robinho fez pênalti e o clima de tragédia tomou conta do Allianz Parque. Mas Fernando Prass fez uma defesa sensacional no chute de Ruben, dentre outras grandes defesas ao longo da partida, e segurou a vantagem.

O sufoco continuou até o último minuto de partida, quando Allione recebeu em ótimas condições, cortou o zagueiro e tocou na saída do goleiro para decretar o 2 a 0 e a primeira vitória do Palmeiras na Libertadores 2016.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League