Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por doping, Sharapova perde cargo de embaixadora da ONU

A tenista russa participava desde 2007 do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PDNU) que promove causas sociais ao redor do planeta

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou nesta terça-feira a suspensão de Maria Sharapova do cargo de embaixadora da entidade pelo resultado positivo da tenista russa para uma substância proibida, detectada em exame-antidoping realizado em janeiro deste ano durante o Aberto da Austrália. A função da atleta era ajudar na erradicação da pobreza no Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PDNU). Ela era embaixadora do órgão desde 2007.

“O PDNU continua grato a Maria Sharapova pelo apoio ao nosso trabalho, especialmente em torno da recuperação do desastre nuclear de Chernobyl. No entanto, após o anúncio de Sharapova, ela estará suspensa do cargo de embaixadora durante o prosseguimento da investigação”, comunicou a ONU através de um porta-voz.

Sharapova revelou na semana passada que foi flagrada em uma amostra pelo uso de Meldonium, responsável por melhorar o metabolismo e a circulação sanguínea. A tenista afirmou que usava um medicamento que continha essa substância para controlar problemas cardíacos e previnir diabetes, dado ao seu histórico familiar. A substância foi incluída na lista negra da Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) a partir de janeiro deste ano. Sharapova justificou o erro ao dizer que não sabia da existência dessa lista, mas admitiu a falha e se desculpou aos fãs.

Logo um dia após o anúncio do doping, os patrocinadores da atual número 7 do mundo no ranking mundial feminino cancelaram seus vínculos com a tenista. Entre as empresas, estão a fornecedora de materiais esportivos Nike, a luxuosa marca de relógios suíços TAG Heur e a montadora alemã Porsche. Sharapova está suspensa desde 12 de março pela Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) até o término das investigações e, consequentemente, do julgamento sobre seu caso de doping.

Maria Sharapova durante derrota para Lucie Safarova nas oitavas de final de Roland Garros

Maria Sharapova durante derrota para Lucie Safarova nas oitavas de final de Roland Garros (/)

Leia também:

Doping por Meldonium, uma nova ameaça para a Rio-2016

O doping volta com tudo em 2016; relembre casos históricos

Sharapova é suspensa pela ITF até julgamento de caso de doping

(Com Gazeta Press)

Member of The Internet Defense League