Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pato pode ficar fora da pré-temporada do Corinthians nos EUA

Staff do atacante quer que ele permaneça no Brasil até que sua negociação seja definida. Janela de transferências na Europa fecha em 1º de fevereiro

Há boas chances de Alexandre Pato não embarcar nesta quarta-feira com o restante dos jogadores do Corinthians para os Estados Unidos, onde a equipe ficará 11 dias para disputar a Florida Cup e um amistoso com o Fort Lauderdale Strikers. O atacante voltou de empréstimo do São Paulo na semana passada e está negociando a sua volta para o futebol europeu. Por isso, a ideia do staff do jogador é que ele fique no Brasil enquanto a sua permanência no clube continua indefinida. A janela de transferências para a Europa termina no dia 1º de fevereiro e o Corinthians retorna ao Brasil no próximo dia 25.

Pato não participou dos últimos dois treinamentos coletivos da equipe. Assim como no dia anterior, nesta terça-feira o atacante fez apenas o trabalho de aquecimento com os demais jogadores e, quando a bola começou a rolar, foi sozinho para a academia. O meia Rodriguinho disse em entrevista coletiva que não conversou com o atacante e que não sabe se ele viajará com o grupo para Orlando.

Leia também:

Bem mexidos, Corinthians e São Paulo esboçam time de 2016

Florida Cup é aberta com vitórias alemãs

Corinthians vai da glória ao desespero em 45 dias

Segundo o preparador físico Fábio Mahseredjian, o jogador precisa ser submetido a uma carga de exercícios menor do que o restante do elenco para não se machucar. “Ele veio desse período de férias e precisamos prepará-lo para que não tenha qualquer tipo de lesão muscular ou articular, algo que já fizemos em outros anos.”

Estava previsto que Pato representasse o Corinthians em desfile da Disney na próxima sexta-feira, mas depois a diretoria do clube anunciou que Elias participará do evento. Pato tem contrato com o Corinthians até o fim do ano e já recusou uma proposta do Tianjin Songjiang, da China.

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League