Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número 1, Marcelo Melo mira ouro na Rio-2016: “É um sonho”

O brasileiro já participou das Olímpiadas de Pequim-2008 e Londres-2012, atingindo as oitavas e as quartas de finais, respectivamente.

Líder do ranking mundial de duplas, Marcelo Melo já tem seu principal objetivo traçado para 2016: conquistar o tão sonhado ouro olímpico em casa. Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o atleta de 32 anos deverá atuar ao lado de Bruno Soares, seu parceiro no time brasileiro da Copa Davis desde 2010. “É a competição que todo mundo quer ganhar. Nosso planejamento para o ano que vem será entorno dos Jogos Olímpicos e, para nós, ganhar no Brasil é um sonho ainda maior”, afirmou o tenista ao site oficial da Rio-2016.

Esta será a terceira participação do brasileiro em Olimpíadas. Nas disputas anteriores, Melo foi eliminado nas oitavas de final em Pequim-2008 e parou nas quartas em Londres-2012. Para mudar essa história, ele aposta no entrosamento com Bruno Soares, seu provável companheiro nas quadras do Centro Olímpico de Tênis, na Barra da Tijuca, no ano que vem. “Eu e Bruno já jogamos juntos há muito tempo. A maneira como representamos o Brasil na Copa Davis sempre atraiu muito público. No Rio, tentaremos usar a nossa experiência da melhor maneira possível”, explicou.

Só na atual temporada, Marcelo Melo faturou seis títulos com três parceiros diferentes. Ao lado do habitual companheiro croata Ivan Dodig, o brasileiro conquistou Roland Garros, seu primeiro Grand Slam na carreira, e o ATP 500 de Acapulco e o Masters 1000 de Paris. Os troféus do ATP 500 de Tóquio e do Masters 1000 de Xangai foram conquistados ao lado do sul-africano Raven Klaasen. E por último, o ATP 500 de Viena foi vencido com o polonês Lukasz Kubot. Esses resultados proporcionaram a Melo a ponta do ranking mundial de duplas, ultrapassando a lendária duplas dos irmãos americanos Bob e Mike Bryan. “Chegar ao primeiro lugar no ranking na era dos Bryan foi muito gratificante. Os jogadores mais top vieram me dar os parabéns”, disse o brasileiro.

LEIA TAMBÉM:

Número 1 nas duplas, Marcelo Melo posta foto com Djokovic

Agora oficialmente, Marcelo Melo assume liderança do ranking de duplas

Depois de 14 anos, Brasil volta a ter número 1 do mundo no tênis

ATP Finals – Invicto há 17 partidas, o brasileiro estreou com vitória no ATP Finals, em Londres, na segunda-feira, sobre os franceses Herbert/Mahut e volta à quadra nesta quarta, a partir das 16 horas (de Brasília), para enfrentar o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau, pela segunda rodada do Grupo B.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League