Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

NBA: Curry recebe prêmio e leva Warriors à final do Oeste

Com 29 pontos do MVP da temporada, atual campeão eliminou o Portland por 4 a 1. Na decisão, time de Oakland enfrentará San Antonio ou Oklahoma

A noite desta quarta-feira foi duplamente especial para Stephen Curry. Primeiro, o craque recebeu o prêmio de Jogador Mais Valioso (MVP, na sigla em inglês) da NBA, pelo segundo ano consecutivo; depois, ajudou o Golden State Warriors o Portland Trail Blazers, por 125 a 121, em Oakland e fechar a série semifinal da Conferência Oeste em 4 a 1.

Na final, o atual campeão da NBA enfrentará o ganhador da série entre San Antonio Spurs e Oklahoma City Thunder – o último lidera a série por 3 a 2. O Cleveland Cavaliers de LeBron James e Kevin Love já está classificado para a decisão do Leste e aguarda o vencedor de Miami Heat e Toronto Raptors. A equipe canadense vence por 3 a 2.

Curry recebeu o troféu de MVP das mãos do comissário da NBA, Adam Silver, antes da partida na Oracle Arena. Já com a bola em jogo, os arremessos do armador demoraram a cair, mas Curry voltou a desencantar no último período e anotou os pontos decisivos, chegando a um total de 29 na partida.

Leia também:

Curry brilha contra o Portland e avisa: ‘Estou de volta’

Por unanimidade, Curry é eleito MVP pelo segundo ano consecutivo

Em VEJA: o teorema de Curry

Faltando 24 segundos para o fim, Curry acertou uma bola de três que deu a vantagem definitiva aos Warriors (121 a 116) e ainda anotou os outros quatro pontos do Golden State em lances livres. O MVP de 2016 (o primeiro a consegui-lo por unanimidade na história da NBA), esteve em quadra por 37 minutos e acertou 10 de 20 arremessos de quadra, com direito a cinco bolas de três.

O cestinha da partida, no entanto, foi o parceiro de Curry, Klay Thompson, que marcou 33 pontos, incluindo seis bolas de três em nove tentativas. O ala-pivô Draymond Green, apesar de ter sofrido uma lesão no tornozelo esquerdo, seguiu como o jogador mais completo da equipe e anotou um double-double de 13 pontos e 11 rebotes (dez deles defensivos), além de seis assistências, duas roubadas de bola e um toco.

O ala-armador brasileiro Leandrinho Barbosa voltou a ser importante no jogo individual e coletivo nos 12 minutos em que esteve em quadra ao conseguir oito pontos e pegar um rebote. Já Anderson Varejão atuou por apenas cinco minutos e marcou dois pontos e dois rebotes.

Pela jovem equipe do Portland, que mais uma vez endureceu o jogo para os campeões, os destaques foram o armador Damian Lillard, que somou 28 pontos, sete rebotes e sete assistências, e o ala-armador C.J.McCollum (27 pontos, oito rebotes e cinco assistências).

(com agência EFE)

Member of The Internet Defense League