Clique e assine com 88% de desconto

Nadal supera batalha de quase 3h contra Monfils e triunfa em Monte Carlo

Tenista faturou o nono título de sua carreira do Masters 1000 local, o primeiro no Principado de Mônaco desde 2012, disputado em quadras de saibro

Por Da Redação - 17 abr 2016, 13h34

Em uma verdadeira batalha dentro de quadra, com 2 horas e 46 minutos de duração, o tenista espanhol Rafael Nadal voltou a vencer em Monte Carlo. Neste domingo, o atual número 5 do mundo derrotou o francês Gael Monfils por 2 sets a 1 – com parciais de 7/5, 5/7 e 6/0 – e faturou o nono título de sua carreira do Masters 1000 local, o primeiro no Principado de Mônaco desde 2012, disputado em quadras de saibro.

A sua campanha em Monte Carlo é excepcional. Rafael Nadal foi campeão de forma consecutiva de 2005 até 2012. Aí apareceu o sérvio Novak Djokovic para acabar com essa série em uma final contra o espanhol. Nos últimos dois anos, ele esteve fora da final do torneio, mas agora voltou de maneira triunfal no dia em que completou exatas 100 decisões em sua carreira.

A conquista em Montecarlo é a sua primeira em Masters 1000 desde o título em Madri, a capital espanhola, em 2014. São 68 taças na carreira do tenista de 29 anos, sendo 28 só de torneios deste nível da ATP. Assim, voltou a se igualar a Djokovic, o número 1 do mundo, que o havia ultrapassado nesta temporada com as conquistas em Indian Wells e Miami, nos Estados Unidos.

Leia também:

Continua após a publicidade

Djokovic é campeão em Miami e supera marcas de Federer, Nadal e Becker

Djokovic é eliminado por 55 do mundo na estreia do Masters 1000 de Monte Carlo

Escândalo no tênis: atletas espanhóis relatam ameaças de apostadores

Em 2016, esta foi a primeira final de Rafael Nadal. Antes, tinha sido derrotado nas semifinais do ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina; no Rio Open, torneio de nível 500 na capital carioca; e no Masters 1000 de Indian Wells. Já Monfils disputou a sua 24.ª decisão na carreira e segue com apenas cinco títulos – todos de ATP 250. O francês de 29 anos é o atual 16.º do mundo e poderia ter voltado ao Top 10 se tivesse vencido.

Continua após a publicidade

Em quadra, as condições do saibro estavam piores em relação aos outros dias por causa da chuva que caiu em Montecarlo na madrugada deste domingo. Com o piso mais lento e os jogo de fundo dos dois tenistas, os ralis foram frequentes. Prova disso foram os tempos dos dois primeiros sets – 1 hora e 13 minutos para a primeira parcial e 1 hora e 5 minutos para a segunda.

As quebras de saque também foram frequentes. No primeiro set, Nadal conseguiu 3 e Monfils, 2. No último ponto, uma dupla falta do francês definiu a vitória do espanhol por 7/5. Na segunda parcial, o resultado foi inverso, com Monfils obtendo 3 quebras contra 2 de Nadal para fazer 7/5. No terceiro set, o francês mostrou um enorme cansaço. Fato aproveitado pelo espanhol, que quebrou o saque rival por três vezes e foi campeão com um “pneu” – 6/0.

(Da redação com Estadão Conteúdo)

Publicidade