Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nadal estará no Rio Open pelo terceiro ano seguido

Tenista espanhol foi campeão em 2014 e elogiou a recepção dos torcedores brasileiros. Francês Tsonga também já confirmou presença

O espanhol Rafael Nadal venceu o brasileiro Thomaz Bellucci por 2 sets a 0 na estreia do Rio Open – 17/02/2015

O espanhol Rafael Nadal venceu o brasileiro Thomaz Bellucci por 2 sets a 0 na estreia do Rio Open – 17/02/2015 (/)

O tenista espanhol Rafael Nadal confirmou nesta quinta-feira que estará no Rio Open, pela terceira vez consecutiva, em 2016. Campeão do torneio carioca em 2014 e eliminado nas semifinais deste ano, o número 7 do mundo ressaltou sua boa relação com o Brasil. “O Rio Open é um torneio muito importante no calendário do tênis, em um país muito especial. Jogar um ATP 500, no saibro, no início da temporada é muito bom para o meu jogo. Desenvolvi uma relação especial com o público brasileiro nos dois últimos anos e adoro voltar ao Brasil para jogar diante dos fãs que me recebem tão bem na Cidade Maravilhosa”, afirmou Nadal, nove vezes campeão no saibro de Roland Garros.

Nadal diz que superou problemas físicos, mas sofre com descontrole emocional

Além de Nadal, o francês Jo-Wilfried Tsonga, 10º do ranking da ATP, também já confirmou a presença no torneio, cuja terceira edição ocorre de 15 a 21 de fevereiro de 2016, no Jockey Club Brasileiro, no Rio. No ano passado, Nadal foi eliminado na semifinal pelo italiano Fabio Fognini, em jogo marcado por sua discussão com o árbitro brasileiro Carlos Bernardes. O campeão em 2015 foi o também espanhol David Ferrer.

http://www.youtube.com/embed/sE3QX5Ht9Vw?rel=0
1 – Rio Open 2015

No Rio, Carlos Bernardes puniu Nadal duas vezes por exceder os 25 segundos que tem direito a cada saque – a mania do espanhol de ajeitar os calções e tocar o rosto antes das batidas são motivos de grande controvérsia  e costumam retardar as partidas. Inconformado com as decisões, Nadal avisou que pediria para que o brasileiro não apitasse mais os seus jogos.

http://www.youtube.com/embed/5u3PbtBEN3w?rel=0
2 – Masters de Londres – 2010

Neste caso, Carlos Bernardes se equivocou duas vezes e tirou o espanhol do sério: primeiro, marcou bola fora de Tomas Berdych. Em seguida, o checo pediu o desafio, que provou que a bola havia entrado por milímetros. Bernardes, então, considerou ponto do checho, ao invés de repetir o ponto – o que seria o correto, já que Nadal havia devolvido a bola e quem pediu a comprovação eletrônica foi Berdych – e levou o espanhol à loucura. “É uma barbaridade o que está fazendo, Carlos”, disse Nadal, antes de ameaçar abandonar a partida.

http://www.youtube.com/embed/VG6Xx29Cw5Q?rel=0
3 – Australian Open, 2012

Desta vez, Nadal não teve motivo nenhum para reclamar: novamente contra Berdych, o espanhol solicitou um desafio de uma bola anterior à que decretou o ponto do checho, o que não é permitido

(com Gazeta Press)

Member of The Internet Defense League