Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Na Espanha, Dunga não sabe se pressiona ou se bajula o Barcelona

Treinador da seleção brasileira recorre à lábia para convencer o clube catalão a liberar Neymar para a Copa América e para a Rio-2016.

O técnico Dunga foi ao centro de treinamento do Barcelona nesta quinta-feira com uma missão: tentar convencer o clube catalão a liberar o atacante Neymar para as disputas da Copa América, em julho, e da Olimpíada do Rio, em 2016. Segundo os jornais locais, o Barcelona só estaria disposto a liberar o craque para uma das competições, para não desgastar demais o brasileiro ao final da temporada europeia. O próprio Dunga reconheceu que, caso tivesse que escolher, preferia ter seu principal jogador na Rio-2016, mas não desistiu da ideia de tentar ganhar o técnico Luis Enrique e a diretoria do Barcelona na lábia. Para isso, porém, teria dois caminhos: o da pressão ou o da política da boa vizinhança. A julgar pela foto do encontro, parece ter optado pela segunda.

Leia também:

Neymar forçou suspensão para ir à festa da irmã, suspeita jornal

Barcelona e Neymar concordam e craque só jogará a Rio-2016, diz jornal

Técnico do Barça não garante presença de Neymar na Copa América e na Rio-2016

O jornal Mundo Deportivo teve acesso a uma imagem do encontro desta manhã. Nela, o geralmente zangado Dunga aparece bastante sorridente, assim como seu auxiliar Andrey Lopes, o coordenador Gilmar Rinaldi e toda a comissão técnica do Barcelona. Mais cedo, em entrevista coletiva, Luis Enrique limitou-se a dizer que buscaria “o melhor para o jogador, para o Barcelona e para a seleção”. Em caso de negativa, não surpreenderia se a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) mudasse a estratégia. Durante a última convocação, Dunga deixou escapar, ao falar sobre o assunto, que “a Copa América é disputada em data Fifa”, o que, em tese, proibiria o Barcelona de não liberar o atleta. Ainda não se sabe se a simpatia inicial de Dunga surtiu efeito.

(da redação)

Member of The Internet Defense League