Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MLS: Thierry Henry fez último jogo pelo NY Red Bulls

O atacante francês, ex-seleção francesa, ainda não decidiu se vai se aposentar

Thierry Henry, ex-atacante da seleção francesa, divulgou nessa segunda-feira comunicado confirmando sua saída do New York Red Bulls. Após perder a final da conferência leste da Major League Soccer (MLS) – a maior liga americana de futebol – no último sábado, o atacante de 37 anos, que tinha contrato até o fim do ano, não confirmou se vai se aposentar ou se continua a jogar. “Agora vou aproveitar as próximas semanas para refletir e decidir o próximo passo da minha carreira. Infelizmente, sábado disputei meu último jogo pelo New York Red Bulls.”

No sábado, o francês participou do empate por 2 a 2 com o New England Revolutions, em Boston, e viu sua equipe perder a final da Conferência Leste da MLS por conta da derrota por 2 a 1 no jogo de ida. Neste período em que atuou pela equipe americana, Henry chegou a ser liberado para defender o Arsenal para uma passagem rápida no clube inglês em 2012, no período de férias do futebol nos EUA.

Leia também:

Magic Johnson lança novo time de futebol em Los Angeles

Kaká vai ser o jogador mais bem pago da liga americana​

Kaká: ‘Quero fazer parte da história do futebol nos EUA’

‘Podemos ter 40 milhões de torcedores’, diz dono de time

MLS: nova era do futebol nos EUA tem estrelas mundiais​

Autor de quase 50 gols em mais de 100 partidas pela França, Henry participou de quatro Copas do Mundo e foi considerado um dos melhores atacantes de sua seleção, da qual se aposentou após a eliminação na primeira fase em 2010, na África do Sul. Foi vice-campeão do Mundial de 2006, quando marcou o gol que eliminou o Brasil nas quartas de final, na Alemanha. Em 1998, foi reserva do time campeão, e participou também da Copa de 2002.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League