Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mico: goleiro do United fecha com Real, mas documentos não chegam a tempo e negócio é desfeito

David De Gea estava de malas prontas para retornar à Espanha, mas transação foi frustrada na última hora. Clube espanhol culpou o United

Real Madrid e Manchester United protagonizaram a maior trapalhada do fechamento da janela de transferências do futebol europeu nesta segunda-feira. O goleiro espanhol David De Gea, afastado da equipe inglesa pelo técnico Louis Van Gaal neste início de temporada, já havia acertado com o Real, mas viu o negócio se desfazer porque os documentos exigidos pela Fifa não chegaram a tempo à Liga de Futebol Profissional (LFP) da Espanha.

O goleiro costa-riquenho Keylor Navas, que seria usado como moeda de troca e reforçaria o United também teve a negociação frustrada pelo mesmo motivo. De acordo com a rádio espanhola Cadena Ser, o Real Madrid tentou provar que enviou a papelada um minuto antes da meia-noite local, horário limite do fechamento da janela.

Mercado europeu fecha: Hernanes vai para a Juventus e Rivaldinho para Portugal

Nesta terça-feira, porém, a LFP informou que não abrirá uma exceção para o Real Madrid inscrever o goleiro de 24 anos, revelado pelo rival Atlético de Madri e que era apontado como substituto ideal do ídolo Iker Casillas, vendido ao Porto. Como não cumpriu o prazo estipulado pela organização, o Real terá de aguardar até a próxima janela de transferências, em janeiro, para consumar a transação com o Manchester United.

Os principais jornais da Espanha estamparam em suas capas o fracasso do Real Madrid no mercado de transferências – os esportivos Marca e Sport classificaram o caso como “ridículo”. O Real pagaria 20 milhões de euros (81 milhões de reais) fixos e outros 10 milhões de euros (40 milhões de reais) variáveis ao United para ter o goleiro espanhol.

Já nesta manhã, o Real Madrid emitiu um comunicado culpando o Manchester United pelo fracasso nas negociações (o clube de Manchester teria enviado o documento necessário para finalizar o negócio apenas às 0h02 do horário espanhol. Por causa dos rumores, o técnico holandês Van Gaal afastou De Gea das primeiras partidas da temporada e entregou a titularidade da meta do United ao argentino Sergio Romero.

O goleiro De Gea do Manchester United, lamenta o terceiro gol sofrido na derrota para o Bayern de Munique

 (/)

(da redação)

Member of The Internet Defense League