Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mercedes e McLaren apresentam carros da temporada 2016 da F1

Testes da pré-temporada começam nesta segunda-feira em Barcelona

Em situações opostas na Fórmula 1, Mercedes e McLaren lançaram neste domingo seus carros para a temporada 2016. Atual bicampeã, a Mercedes apostou na manutenção da base dos últimos anos, enquanto a rival aposta em mudanças. O resultado destas alterações serão conhecidos a partir desta segunda-feira, no primeiro dia de teste completo da pré-temporada da F1.

Leia também:

Ferrari apresenta carros de Vettel e Raikonnen para a temporada 2016 da F1

O modelo F1 W07 Hybrid, a ser pilotado por Lewis Hamilton e Nico Rosberg, é muito semelhante ao carro anterior da Mercedes. Com predomínio da cor prata, como nas últimas temporadas, o modelo conta com “mini revoluções” em seu interior, de acordo com a equipe, apesar da forte semelhança física com o carro de 2015. “O carro pode parecer bem semelhante ao seu antecessor na parte de fora, como acontece quando o regulamento sofre poucas mudanças de um para outro. No entanto, há muitas mini revoluções que compõem uma evolução global para a nova temporada”, afirmou Paddy Lowe, chefe técnico da Mercedes.

Sem indicar onde a equipe fez as alterações no carro, Lowe destacou que a Mercedes busca a “excelência” em todas as áreas. “Depois de uma temporada tão bem-sucedida em 2015, nossa prioridade é identificar as áreas em que somos mais fracos para tentar melhorá-las”, disse o dirigente. Visualmente, o novo Mercedes sofreu alterações somente no bico e nas laterais. É mais estreito do que o carro do ano passado. Houve ainda uma boa mudança na entrada de ar superior.

Enquanto a Mercedes tenta se manter no topo, a McLaren quer se reerguer na categoria. Para tanto, se esforça na integração entre o novo chassi e o motor Honda no modelo MP4-31 para a temporada 2016. O carro, com forte predomínio da cor preta, aparenta ser semelhante ao do ano passado. As mudanças se concentram mesmo na integração da unidade de potência com a estrutura.

Apesar disso, o presidente da McLaren tenta manter a cautela, lembrando das inúmeras dificuldades enfrentadas pela equipe em 2015, quando não passou da penúltima colocação do Mundial de Construtores. “Não vamos prever quando virão as vitórias, mas posso dizer sem qualquer medo que todos os membros de nosso time têm trabalhado com forte dedicação nos últimos meses. O resultado é o desenvolvimento do modelo MP4-31. Estou muito orgulhoso de todo o esforço de nossa equipe”, declarou Ron Dennis.

Barulho – Os testes da pré-temporada da Fórmula 1 começam nesta segunda-feira em Barcelona com um desafio para a categoria. As equipes terão um período menor para fazer experiências preparatórias antes de encarar o calendário mais longo da história da categoria, com 21 corridas em pouco mais de oito meses. O regulamento limitou a duas as sessões de pré-temporada e não mais três como era anteriormente. A novidade vai permitir às escuderias terem somente oito dias de teste na pista – foram 12 no ano passado. A primeira bateria será desta segunda-feira até quinta. A segunda está marcada entre 1.º e 4 de março, também em Barcelona.

A expectativa para as primeiras voltas dos carros na pista espanhola é de notar como será o barulho deles. A última grande mudança nas regras, em 2014, obrigou a adoção dos motores turbo, responsáveis por minimizar o famoso ronco que tanto caracterizou a categoria por alguns anos. O som alto, desde então, deu lugar a um barulho abafado e que rendeu críticas dos fãs. A solução do comando da Fórmula 1 foi obrigar as equipes a terem para 2016 uma estrutura nova no exaustor. É obrigatório ter agora dois diferentes canos, um só para a turbina e outro apenas para o escapamento. Até 2015, o mesmo cano de saída reunia as duas funções.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League