Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Médica xingada por Mourinho deixa o Chelsea

Afastada há seis semanas, Eva Carneiro se demitiu e pensa em processar o clube e o treinador português

A médica Eva Carneiro deixou o Chelsea seis semanas depois de ser xingada pelo técnico português José Mourinho durante uma partida do Campeonato Inglês, revelou nesta terça-feira a emissora britânica BBC. Dias depois do incidente, ela e outro integrante do departamento médico foram afastados do trabalho pelo treinador. Segundo a BBC, o Chelsea convidou Eva para retornar às atividades, mas a médica de 42 anos recusou e já pensa em entrar na Justiça contra o clube e o treinador. Ela trabalhava na equipe de Londres desde 2009.

Leia também:

Crise no Chelsea: Mourinho coleciona confusões e já desagrada brasileiros

Mourinho a jornalista: ‘Entre no Google antes de fazer pergunta idiota’

Filha de Mourinho brilha em noite de premiação do pai

Mourinho responde à mulher do técnico do Real Madrid: ‘Deveria cuidar da dieta do marido’

A confusão aconteceu em 8 de agosto, no empate em 2 a 2 do Chelsea contra o Swansea. Mourinho se revoltou quando Eva e outro integrante do departamento médico entraram em campo nos minutos finais para atender o meia belga Eden Hazard. Mourinho considerou que “faltou entendimento do jogo” a Eva ao atender um atleta em campo quando o Chelsea tinha um jogador a menos (ficaria com dois a menos, por causa do atendimento). Ele a chamou de “ingênua” em entrevista após o jogo, mas câmeras o flagraram em um tom bem menos elegante: chamou Eva de filha da p…, em bom português, no momento do atendimento.

Eva, nascida em Gibraltar e uma das figuras mais queridas pela torcida do Chelsea, foi afastada das atividades por causa do incidente, que tomou enormes proporções. Mourinho foi muito criticado, sobretudo por médicos que garantiram que Eva cumpriu seu trabalho de forma adequada. Segundo tabloides ingleses, esposas de alguns atletas e até a mulher do presidente do Chelsea tomaram as dores de Eva. O Chelsea é apenas o 15º colocado do Campeonato Inglês.

(da redação)

Member of The Internet Defense League