Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marido de Gisele Bündchen é absolvido em caso de trapaça na NFL

Tom Brady escapou da punição de quatro jogos por envolvimento no caso das bolas esvaziadas para ter vantagem em jogo na final

Tom Brady, o astro do futebol americano e marido da supermodelo Gisele Bündchen, escapou de punição da Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) nesta quinta-feira. O quarterback do New England Patriots foi suspenso por quatro partidas por participação no caso de uso de bolas murchas – chamado de Deflategate, – na última partida antes da final do futebol americano, o SuperBowl. Segundo o juiz federal Richard Berman, a suspensão de Brady se deu “baseada em premissas deficientes”, como notificação inadequada e tempo curto para recorrer e, por isso, o atleta de 38 anos foi absolvido.

Leia também:

Futebol americano: Tom Brady é suspenso por quatro jogos​

Futebol americano: Tom Brady não comenta ‘bolas murchas’

Futebol americano: Bolas usadas pelos Patriots foram murchadas propositalmente

NFL: Patriots e Seahawks vencem e decidem o Super Bowl

Três meses depois do título dos Patriots, a NFL divulgou um relatório de 193 páginas que concluiu que a equipe provavelmente esvaziou de propósito as bolas usadas na vitória da final da Conferência Americana (equivalente à semifinal da NFL), contra o Indianapolis Colts, em janeiro. As bolas murchas foram usadas apenas nos ataques da equipe (com as bolas mais leves, Brady teria tido mais facilidade para lançar). A investigação de escritório de advocacia independente indicou que Brady “estava pelo menos ciente, no geral, das atividades inapropriadas envolvendo o esvaziamento das bolas de jogo dos Patriots”.

Brady está liberado para a estreia na NFL, na próxima quinta-feira, no duelo entre o campeão Patriots e o Pittsburgh Steelers. O marido de Gisele, no entanto, ainda não está totalmente aliviado: a NFL ainda pode recorrer.

(Da Redação)

Member of The Internet Defense League