Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lutador de MMA morre após sofrer nocaute

Português João Carvalho não resistiu aos golpes que sofreu em evento do "TEF - Total Extreme Fighting”, em Dublin, no último sábado

O lutador português João Carvalho não resistiu a um nocaute sofrido no último sábado, em Dublin, na Irlanda, e morreu nesta segunda-feira. O atleta conhecido como “Rafeiro” estava internado havia dois dias em razão dos golpes na cabeça sofridos na derrota por nocaute técnico para o irlandês Charlie Ward no evento de MMA “TEF – Total Extreme Fighting”.

A morte de João Carvalho foi confirmada por sua equipe, a Nóbrega Team, com um cominicado nas redes sociais. O irlandês Conor McGregor, campeão peso-pena do UFC e companheiro de Charlie Ward na equipe SBG Team, havia dito após o evento que a arbitragem demorou a interromper a luta vencida pelo amigo.

A equipe de João Caravalho, no entanto, negou que tenha havido imprudência da arbitragem em sua nota de pesar. “Foram cumpridas todas as regras de segurança, e após um combate onde a arbitragem seguiu todos os procedimentos corretos e habituais, o atleta João “Rafeiro” Carvalho sentiu-se mal, cerca de 20 minutos depois do final do combate”, afirmou a Nóbrega Team em um dos trechos.

A equipe informou que João Carvalho foi transportado em estado crítico para o Hospital Beaumont, onde foi submetido a uma intervenção cirúrgica cerebral, mas não resistiu. O lutador português fazia apenas a sua terceira luta como profissional e a primeira fora de seu país. Antes, havia ganhado uma luta e perdido outra. Abaixo, imagens do nocaute sofrido pelo português no último sábado:

(da redação)

Member of The Internet Defense League