Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Libertadores: São Paulo bate Atlético-MG e abre vantagem

Vitória por 1 a 0 em duelo brigado no Morumbi deixa equipe paulista a um empate da semifinal

O São Paulo fez valer o mando de campo no equilibrado confronto contra o Atlético-MG pelas quartas de final da Libertadores e derrotou o rival mineiro por 1 a 0 na noite desta quarta-feira no Morumbi. Diante de mais de 60 mil torcedores, a equipe paulista levou a melhor em um jogo brigado e joga pelo empate na partida de volta, na semana que vem, em Belo Horizonte, para se classificar para a semifinal.

O gol saiu com Michel Bastos aos 34 minutos do segundo tempo, de cabeça. Na comemoração, uma grade de proteção no setor térreo do estádio cedeu quando os torcedores se aglomeraram para festejar. Cerca de 20 são-paulinos caíram no fosso. Duas ambulâncias foram acionadas para acudir as vítimas, que se feriram levemente.

Dentro de campo, o jogo teve muita briga e pouco futebol: foram dez cartões amarelos e inúmeras faltas. O gol saiu da maneira mais óbvia, em uma cobrança de falta concluída de cabeça. A quantidade de lances ríspidos e de discussões a cada dividida fez o árbitro interromper a partida para se reunir com os capitães e pedir mais calma.

O excesso de faltas e a boa marcação do Atlético impediram o São Paulo de repetir a pressão ofensiva dos últimos jogos no Morumbi. A equipe da casa encontrava quatro volantes para ajudar a defesa a marcar e não tinha no primeiro tempo a força dos avanços de Michel Bastos pela direita. Com lesão na coxa, ele ficou no banco e Wesley foi titular.

A organização do Atlético foi eficiente para acalmar a participação da torcida no Morumbi. O São Paulo se via obrigado a dar chutões infrutíferos para avançar e terminou o primeiro tempo com menos posse de bola do que o adversário. O goleiro Victor só sofreu uma finalização perigosa. Os visitantes ainda tiveram um gol anulado.

A batalha em campo também deixou estragos. Robinho deixou o campo lesionado ainda no primeiro tempo, o Atlético viu dois jogadores receberem cartões (os volantes Leandro Donizete e Júnior Urso) e ficarem suspensos do jogo de volta e o São Paulo perdeu Maicon machucado.

A vantagem magra não permite o São Paulo viajar tranquilo para Belo Horizonte, onde vai enfrentar a força do Atlético no estádio Independência e o tabu de não ter vencido como visitante em 2016. Pelo menos, o técnico Edgardo Bauza pode ter a certeza que terá de preparar o elenco para encarar uma nova guerra na semana que vem.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League