Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Laureus 2016: Djokovic e Serena levam ‘Oscar do Esporte’; Daniel Dias vence entre paralímpicos

Tenistas conquistaram o prêmio de atleta de ano pela terceira vez. Mineirinho e Bob Burnquist concorreram, mas não levaram na categoria de esportista radical

Novak Djokovic e Serena Williams, as principais estrelas do tênis, foram os grandes vencedores do prêmio Laureus, considerado o Oscar do esporte, em cerimônia realizada nesta segunda-feira em Berlim, na Alemanha. Coincidentemente, o sérvio e a americana receberam os prêmios de melhor atleta do ano, referente à temporada de 2015, pela terceira vez na carreira. O nadador brasileiro Daniel Dias também conquistou o tricampeonato, na categoria esporte paralímpico.

Djokovic superou o jogador argentino Lionel Messi, o piloto inglês Lewis Hamilton, o jogador de basquete americano Stephen Curry, o velocista jamaicano Usain Bolt e o golfista Jordan Spieth para levar o prêmio de melhor atleta masculino. O atleta de 28 anos já havia faturado o troféu em 2012 e 2015. No ano passado, o tenista sérvio conquistou três dos quatro Grand Slams: Aberto da Austrália, US Open e Wimbledon, e ainda foi vice-campeão em Roland Garros.

Leia também:

Cafu entra para a Academia do Laureus, o ‘Oscar do esporte’

Serena Williams é eleita esportista do ano pela ‘Sports Illustrated’

Laureus 2015: seleção alemã e Djokovic vencem Oscar do esporte; Medina perde

Na eleição do Laureus, atleta de 34 anos superou a fundista etíope Genzebe Dibaba, a esquiadora austríaca Anna Fenninger, a velocista jamaicana Shelly-Ann Fraser-Pryce, e duas compatriotas, a nadadora Katie Ledecky e Carli Lloyd, meia da seleção dos Estados Unidos de futebol. Serena já havia vencido o “Oscar do Esporte” em 2003 e 2010.

A equipe masculina de rúgbi da Nova Zelândia, campeã mundial em 2015, venceu o prêmio de equipe do ano, superando o time de futebol do Barcelona, o Golden State Warriors, campeão da NBA, a seleção de tênis do Reino Unido, campeão da Copa Davis, a escuderia Mercedes de Fórmula 1 e a equipe americana de futebol feminino.

Brasileiros – Três atletas nacionais estavam na disputa pelo Laureus em outras categorias. Daniel Dias ganhou pela terceira vez na carreira o Prêmio Laureus na categoria de melhor paradesportista. Dias, que levou o prêmio também em 2009 e 2012, faturou sete medalhas de ouro e uma de prata no Mundial de Natação Paralímpica de 2015 e venceu os oito eventos que disputou nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá.

Ausente na premiação em Berlim, Daniel enviou um vídeo agradecendo pela conquista. “Estou muito feliz por estar recebendo este grande e importantíssimo prêmio pela terceira vez. Infelizmente não pude estar presente por causa de uma seletiva paralímpica, mas quero agradecer primeiramente a Deus e a Academia Laureus por terem votado em mim. Muito obrigado, do fundo do meu coração”, declarou o brasileiro.

O surfista Adriano de Souza, o Mineirinho, campeão mundial de surfe, e o skatista Bob Burnquist também concorreram na categoria atleta de ação, mas foram superados pelo triatleta alemão Jan Frodeno.

Atleta Daniel Dias participa da prova eliminatória 50m livre no Parque Aquático de Londres, em 30/08/2012

Atleta Daniel Dias participa da prova eliminatória 50m livre no Parque Aquático de Londres, em 30/08/2012 (/)

Os vencedores do Laureus 2016:

Melhor atleta masculino:

Novak Djokovic (tênis)

Melhor atleta feminina:

Serena Williams (tênis)

Times do ano:

Nova Zelândia (rúgbi)

Revelação do ano

Jordan Spieth (golfe)

Retorno do ano

Dan Carter (rúgbi)

Melhor atleta radical:

Jan Frodeno (Ironman)

Melhor atleta paralímpico:

Daniel Dias

(da redação)

Member of The Internet Defense League