Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça suspeita que Platini recebeu pagamento para desistir de eleição da Fifa

Francês abriu mão de concorrer em 2011 e deixou caminho livre para reeleição de Blatter

O presidente da Uefa, Michel Platini, pode ser afastado da Fifa nesta semana, o que colocaria em risco a sua candidatura à presidência da entidade na eleição marcada para fevereiro de 2016. A Justiça suíça revelou na semana passada que o ex-jogador francês recebeu 2 milhões de francos suíços (aproximadamente 8 milhões de reais) dos cofres da Fifa, em uma transação suspeita, em 2011. Platini alegou que recebeu o pagamento por um trabalho realizado na entidade entre 1999 e 2002. No entanto, a Justiça suíça acredita que ele tenha recebido este valor de Joseph Blatter para desistir de concorrer à presidência da Fifa na eleição de 2011.

Há quatro anos, Platini desistiu de concorrer ao cargo de Blatter – que foi seu aliado político desde 1998, ano em que o suíço iniciou seu primeiro mandato na Fifa e o ex-jogador foi o presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo na França – de maneira surpreendente. Platini havia recebido o apoio de Mohamed Bin Hammam, chefe na época da Confederação Asiática de Futebol, que acabou afastado da Fifa acusado de corrupção. Em maio daquele ano, porém, Platini assinou uma carta conjunta da Uefa declarando apoio à candidatura de Blatter, pouco antes da eleição. No último pleito, em maio deste ano, Platini também não foi candidato – disse que não concorreria contra Blatter, mas fez campanha contra o suíço.

Leia também:

Polícia invade sede da Fifa e Blatter é processado criminalmente

Blatter falta e Fifa decide que Copa do Catar será em novembro e dezembro

Descontente, Fifa dará ultimato ao ausente Del Nero

Valcke pediu compensação milionária para deixar Fifa antes de acusação

Acusados criminalmente pela Justiça da Suíça, Platini e Blatter podem ser afastados da Fifa nesta semana, o que, na prática, deixaria o futebol internacional sem governo. Jérôme Valcke, secretário-geral da entidade, foi afastado na semana passada e um dos principais vice-presidentes, Jeffrey Webb, está preso. Hoje, o comando real está nas mãos de Domenico Scala, responsável pela reforma da entidade e pela Auditoria da Fifa.

Outro no comando do futebol é Cornel Borbely, investigador independente e com o poder de colocar um fim ao reinado de Blatter e aos sonhos de poder de Platini, que também pode ser obrigado a se afastar da Uefa. Se Blatter cair, quem assume oficialmente é Issa Hayatou, presidente da Confederação Africana de Futebol e que desde os anos 1980 manda na região.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League