Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jogadores do Juventude sofrem tentativa de homicídio e culpam torcida rival

Carro em que estavam os atacantes Maílson e Jô foi alvejado por tiro

O carro em que estavam dois jogadores do Juventude foi atingido por um tiro na noite desta quinta-feira, em Caxias do Sul, informou o jornal Zero Hora. A bala perfurou o vidro do lado do motorista, mas os atacantes Maílson, dono do veículo, e Jô escaparam ilesos da tentativa de homicídio. Os jogadores acreditam que tenham sido alvo de torcedores do rival Caxias, que foram provocados por Maílson em um clássico no início do mês.

Jô relatou ao Zero Hora que os dois foram comer em um restaurante japonês e perceberam “três pessoas suspeitas” na porta do estabelecimento. Depois do jantar, eles entraram no carro de Maílson e saíram do local. Quando o automóvel passava por uma rua escura, um Uno emparelhou e o disparou aconteceu. O atacante não deu detalhes do atirador.

O jogador revelou que Maílson vinha sofrendo ameaças de morte de torcedores do Caxias desde o último clássico regional entre as equipes, em 9 de agosto pela Série C, que terminou empatado em 0 a 0. Ao ser substituído, o atacante, que teve uma passagem recente pelo rival, fez gestos provocando a torcida do ex-clube. “Tenho certeza que foi por causa do Ca-Ju [como é conhecido o clássico]. O alvo era o Maílson, mas eu estava junto. Foi tudo muito rápido. A sorte é que estávamos com os bancos mais abaixados, senão teríamos sido atingidos”, disse Jô ao jornal.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League