Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês

Jogador do Fenerbahçe tem carro baleado em atentado em Istambul

Mehmet Topal não se feriu, pois seu veículo é blindado. Equipe, uma das mais populares da Turquia, fala em "ato terrorista"

Por Da Redação - 11 ago 2015, 13h44

Mehmet Topal, volante do Fenerbahçe e da seleção turca, foi vítima de um atentado nesta terça-feira, em Istambul. O clube turco informou que assaltantes dispararam contra o carro do jogador , em ação classificada como um “ato de terrorismo”. Como o veículo era blindado, o jogador escapou ileso.

Leia também:

Suspeitos de atirar contra ônibus do Fenerbahçe são libertados na Turquia

Campeonato turco é suspenso após tiros contra o ônibus do Fenerbahçe

Publicidade

Ele foi alvo da ação quando deixava o centro de treinamento do clube e se dirigia para a sua casa. Os assaltantes fugiram e o motivo do ataque não foi revelado. “Esse ataque é um ato armado de terrorismo. Condenamos fortemente estes ataques sucessivos. Esperamos que o responsável ou os responsáveis sejam pegos e rapidamente levados à Justiça”, informou o clube.

Topal, de 29 anos, jogou entre 2006 e 2010 no Galatasaray, o grande rival do Fenerbahçe, antes de se transferir para o Valencia, da Espanha. Em 2012, ele retornou ao país para defender o Fenerbahçe, clube que tem o ex-jogador brasileiro Alex como um de seus ídolos históricos.

A equipe de Istambul já foi vítima de um atentado em 2015. Em abril, o ônibus do Fenerbahçe foi baleado no momento em que seguia para o aeroporto da cidade de Trabzon. O motorista foi atingido e hospitalizado. Na ocasião, as autoridades do futebol suspenderam as competições locais por uma semana.

Jogadores do Fenerbahçe aparecem assustados após ônibus da equipe ser alvejado em Trabzon, na Turquia VEJA

(com Estadão Conteúdo)

Publicidade