Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Irrecusável? Tevez rejeita proposta de quase R$ 100 milhões da China

Atacante argentino preferiu ficar no Boca Juniors, seu clube do coração, para a disputa da Copa Libertadores

Quando pisou novamente em La Bombonera e retornou ao Boca Juniors depois de 11 anos de glórias na Europa, o atacante Carlitos Tevez foi aclamado pelos torcedores ao dizer que “dinheiro não traz felicidade”. E, apesar do mau momento do jogador e da equipe argentina, Tevez parece se manter fiel a seus princípios. Nesta terça-feira, o diário argentino Olé noticiou que o jogador de 31 anos recusou uma proposta milionária – adivinhe só – do futebol chinês.

Leia também:

Jô segue caminho de Ramires e Alex Teixeira e acerta com clube chinês

‘Reis’ brasileiros na Ásia garantem que jogar na China vale a pena

Santos acerta venda de Geuvânio – para clube chinês, claro

Luxemburgo: ‘China não é barco furado, é transatlântico’

O Shanghai SIPG ofereceu a Tevez 25 milhões de dólares (cerca de 100 milhões de reais) para jogar apenas dez meses pela equipe. Caso aceitasse a oferta da equipe que já conta com o também argentino Darío Conca e o brasileiro Elkeson, Tevez teria que abrir mão de voltar a disputar a Copa Libertadores pelo seu clube do coração.

Recentemente, os clubes chineses pagaram valores astronômicos para levar grandes atletas do Brasil – o campeão brasileiro Corinthians perdeu quatro titulares – e também jogadores consagrados na Europa, como o brasileiro Ramires. Quase todos eles repetiram o termo “proposta irrecusável” para justificar a aventura asiática. A maior transação até o momento foi a do colombiano Jackson Martinez, que trocou o Atlético de Madrid pelo Guangzhou Evergrande, o time de Felipão, por 42 milhões de euros (cerca de 183 milhões de reais).

(da redação)

Member of The Internet Defense League