Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Iniesta ligou para adversários para pedir desculpas por Halloween do Barcelona

Neymar, Daniel Alves, Suárez e Piqué estavam entre os atletas fantasiados que invadiram entrevista de jogador do Getafe após vitória do time catalão

A festa de Halloween comandada por Neymar, Daniel Alves, Luis Suárez, Gerard Piqué e outros atletas do Barcelona segue causando controvérsia na Espanha. A cena bizarra aconteceu no sábado, logo após a vitória do Barça por 2 a 0 sobre o Getafe, em Madri. Um grupo de jogadores vestiu fantasias e máscaras ainda no vestiário e passou dos limites ao invadir, aos gritos, a coletiva de imprensa de um jogador do time derrotado. Capitão do time, o meia espanhol Andrés Iniesta, que não entrou na farra, chegou a ligar para um atleta do Getafe para se desculpar pelos exageros de seus colegas.

“Recebemos uma ligação do Iniesta e aceitamos suas desculpas”, revelou o meio-campista Pedro León, do Getafe, ao jornal Mundo Deportivo. Ele, no entanto, expressou sua insatisfação. “Fazer isso no vestiário me parece uma falta de respeito. Nós jamais faríamos isso, apesar de eles dizerem que a interrupção na coletiva não foi intencional”.

Leia também:

Com Neymar mascarado, Barça celebra Halloween após vitória e irrita adversários

Neymar dança (de novo) e Messi faz pegadinha em comercial do Barça

Messi posa com pijama de ‘Zangado’ que ganhou de Suárez

Durante a festa de Halloween, Neymar e Suárez vestiam máscaras do Batman, enquanto outros companheiros como Gerard Piqué, Claudio Bravo, Marc Bartra e Jordi Alba usaram máscaras de caveira, zumbi, macaco, e até dos personagens Shrek e Frankenstein. Centro das discussões, a invasão à entrevista aconteceu quando o meia Víctor Rodríguez lamentava a derrota do Getafe. O jogador tomou um susto com os gritos dos rivais fantasiados e chegou a rir da cena, mas depois se recusou a continuar a entrevista.

“É uma falta de respeito, eu não faria nunca. Cada um é responsável por suas atitudes”, reclamou. Os principais jornais da Espanha também criticaram a atitude dos atletas do Barcelona, sobretudo pelo fato de o jogo ter sido fora de casa. Já neste domingo, diante da repercussão negativa, o Barcelona divulgou um pedido de desculpas formal assinado pelos atletas. “De forma alguma foi nossa intenção ofender ou incomodar algum companheiro do Getafe. Nossa entrada foi uma infeliz coincidência. As imagens gravadas mostram que um dos jogadores disse: ‘Para onde estamos indo? Acho que estamos enganados'”, diz o texto.

O jogador em questão é o zagueiro Gerard Piqué, constantemente vaiado em partidas da seleção espanhola por torcedores de outros clubes. O presidente do Getafe, inclusive, disse que o marido de Shakira deu mais um motivo para ser contestado após a festa de Halloween. “Depois querem que não os vaiem”, disse Ángel Torres ao diário Marca.

O presidente do Getafe disse que iria protestar formalmente contra o Barcelona, mas desistiu após o clube catalão apresentar suas desculpas. “Eles ganharam merecidamente e acho justo querer celebrar, me parece simpático. Mas pular o cordão de segurança e invadir a sala de imprensa e depois sair pela grade é uma falta de respeito”. Torres reclamou ainda que os atletas do Barcelona sujaram todo o vestiário do Getafe durante as celebrações.

​(da redação)

Member of The Internet Defense League