Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Imprensa catalã exalta novo ‘festival’ do ataque do Barcelona

Equipe goleou o Valencia por 7 a 0 com quatro gols de Suárez e três de Messi. Neymar jogou bem, mas errou mais um pênalti

O ataque do Barcelona voltou a causar alvoroço na Europa na noite desta quarta-feira com mais uma atuação de gala. A vítima da vez foi o Valencia, que viu a dupla Lionel Messi e Luis Suárez passar como um furacão na goleada por 7 a 0, no jogo de ida das semifinais da Copa do Rei, no Camp Nou. A festa só não foi maior porque Neymar não esteve inspirado nas finalizações e ainda perdeu sua quarta cobrança de pênalti na temporada. Nesta quinta, o imparável Barcelona dominou a capa dos principais jornais da Europa.

O Mundo Deportivo e o Sport, os principais jornais esportivos da Catalunha, coincidentemente, escolheram a palavra “Festival” e uma mesma foto, do abraço entre Suárez e Messi, para suas manchetes. O atacante uruguaio, autor de quatro gols no duelo, foi quem recebeu mais destaque, ao chegar a incríveis 35 gols em 33 partidas na temporada. No Uruguai, os principais jornais também destacaram a grande fase de Suárez, chamado de “Extraterrestre” pelo El Observador e comparado ao brasileiro Romário pelo La República.

Leia também:

Messi receberá fã afegão que fez camisa de plástico

Real segue na busca por Neymar, mas elege inimigo: o pai do craque

Messi exibe ‘novo integrante da família’

O Marca, o diário esportivo mais popular de Madri, estampou “Sete gols e um funeral”, em referência à equipe do Valencia, uma das mais tradicionais equipes da Espanha, que vive péssima fase e agora só deve cumprir tabela e tentar amenizar o estrago na partida de volta.

Neymar, apesar de ter falhado sua quarta cobrança em oito tentativas na temporada, foi absolvido pela imprensa e, sobretudo pela torcida do Barcelona, que cantou seu nome diversas vezes ao longo da partida. O brasileiro jogou bem e levantou o público com seus dribles e até uma assistência de letra para um dos três gols de Messi. Ao final da partida, o técnico Luis Enrique disse que não viu o brasileiro afetado pelos problemas com a Justiça espanhola – um dia antes, Neymar depôs sobre as suspeitas de crime fiscal.

“Valorizo os dados positivos. Neymar segue crescendo e para nós é um jogador vital. Vejo ele como sempre, um menino muito alegre, festeiro, que desfruta do futebol”, disse Luis Enrique, que ainda minimizou a perda de mais um pênalti. “Para mim, pareceu bem batido”. Assim como nas últimas falhas, Neymar voltou a bater a penalidade sem tomar distância da bola e, desta vez, acertou a trave.

(da redação)

Member of The Internet Defense League