Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grêmio perde de virada para o Caracas na Venezuela

Derrota por 2 a 1 impediu a equipe gaúcha de alcançar a liderança do Grupo 8

Uma semana depois de golear o Caracas em Porto Alegre, o Grêmio não conseguiu repetir a boa atuação e foi surpreendido pelo mesmo adversário na noite desta-terça-feira. Jogando na capital venezuelana, a equipe gaúcha saiu na frente com um gol de Elano, mas permitiu a virada do Caracas, que revertou o placar para 2 a 1 com Peña e Farías.

A derrota impediu o Grêmio de alcançar a liderança do Grupo 8 da Copa Libertadores, que continua com o Fluminense na ponta, com sete pontos. O time de Vanderlei Luxemburgo aparece em segundo, com seis, mesma pontuação do Caracas. O chileno Huachipato ocupa a lanterna, com quatro pontos.

O Grêmio volta a jogar pela Libertadores no dia 10 de abril, contra o Fluminense, na Arena. Até lá, a equipe jogará várias vezes pela Taça Farroupilha, o segundo turno do Campeonato Gaúcho. O Caracas receberá o Huachipato na próxima rodada.

O jogo – Apesar do gramado ruim no Estádio Olímpico de la UCV, o Grêmio conseguiu tocar a bola com qualidade e controlar o primeiro tempo. Aos 16 minutos, André Santos cruzou e Elano transformou o domínio em bola na rede com uma boa cabeçada. Após o gol, a equipe gaúcha diminuiu o ritmo e acabou castigada com o empate. Antes do intervalo, aos 46, Peña pegou rebote de falta cobrada sobre a barreira e chutou rasteiro, sem chances para Dida: 1 a 1.

Na segunda etapa, o Grêmio voltou disposto a retomar a vantagem e perdeu boas chances com André Santos, Fernando e Barcos. A falta de pontaria custou caro e, aos 21 minutos, o Caracas virou o jogo. Curé ganhou na velocidade e cruzou para Farías completar. A partir daí, os venezuelanos pararam muito o jogo, impedindo que o Grêmio pressionasse. Luxemburgo lançou mão de Welliton, Marco Antônio e Willian José, mas a equipe não conseguia levar perigo. Na última chance, Marco Antônio chutou forte e quase acertou o ângulo, aos 46.

(Com agência Gazeta Press)

Member of The Internet Defense League