Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Goleiro capitão da seleção da África do Sul é morto a tiros

Senzo Meyiwa, 27 anos, defendia o Orlando Pirates, time de Soweto. Polícia de Johannesburgo não dá detalhes sobre crime, cujo autor ainda é desconhecido

O goleiro Senzo Meyiwa, capitão da seleção sul-africana de futebol, foi morto a tiros na noite deste domingo, nos arredores de Johannesburgo. A informação foi confirmada por um porta-voz da polícia local à agência de notícias France-Presse. O tenente-geral Solomon Makgale revelou que Meyiwa, de 27 anos, atleta nascido na cidade de Durban, foi morto numa casa em Voslooru, uma favela situada a cerca de vinte quilômetros do centro da maior cidade sul-africana. De acordo com ele, as circunstâncias do crime ainda não foram esclarecidas e a polícia está investigando o local. A imprensa local noticiou que três suspeitos foram vistos fugindo do local.

O clube do atleta, o Orlando Pirates, equipe do subúrbio de Soweto, também confirmou a morte de Meyiwa. “A família do Orlando Pirates tomou conhecimento com tristeza da morte do nosso goleiro titular e capitão Senzo Meyiwa”, diz um post do perfil oficial do clube no Twitter. No sábado, o atleta participou da vitória por 4 a 1 do seu time sobre o Ajax Cape Town. Meyiwa vinha sendo o destaque da seleção sul-africana nas Eliminatórias da Copa Africana das Nações de 2015 – ele participou de quatro partidas e não levou gols. O esporte sul-africano já tinha vivido uma tragédia na última sexta, com morte do velocista Mbulaeni Mulaudzi, campeão mundial dos 800 m em 1999, num acidente de carro.

(Com agência France-Presse)

Member of The Internet Defense League