Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Giovane Gávio será o primeiro brasileiro a carregar a tocha olímpica da Rio-2016

Ex-jogador de vôlei participará da cerimônia de acendimento da tocha olímpica, que acontece em Olímpia, na Grécia, no dia 21.

O Comitê Olímpico Helênico (HOC, na sigla em inglês) revelou nesta segunda-feira a programação da cerimônia de acendimento da tocha olímpica dos Jogos do Rio de Janeiro, que acontecerá no dia 21, na cidade grega de Olímpia. O ex-jogador de vôlei Giovane Gávio, bicampeão olímpico em Barcelona-1992 e Atenas-2004, será o primeiro brasileiro a carregar a tocha.

O evento dará início ao tradicional revezamento da tocha olímpica, que percorrerá mais de 300 cidades brasileiras até chegar ao Rio no dia da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, em 5 de agosto, no Maracanã.

Leia também:

Rio-2016 anuncia roteiro e atrações do revezamento da tocha olímpica

Senado aprova R$ 490,5 milhões extras para a Rio-2016

Polícia desarticula esquema de venda ilegal de ingressos para a Rio-2016

Giovane, que hoje é gerente de competição para o vôlei no Comitê Organizador do Rio-2016, será o segundo atleta a participar do revezamento da tocha. O ginasta grego Lefteris Petrounias, atual campeão mundial na prova das argolas e principal rival do brasileiro Arthur Zanetti, será responsável por abrir a cerimônia.

Na última sexta-feira, o HOC também revelou que a presidente da República, Dilma Rousseff, cancelou viagem que faria até a Grécia para participar desta cerimônia de acendimento da tocha olímpica.

Inicialmente, estava prevista a presença de Dilma no evento que também contará com o presidente grego Prokopis Pavlopoulos e com o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, mas a presidente optou por cancelar a sua participação em meio à tramitação do processo de impeachment no Congresso Nacional.

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League