Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Futebol paulista recupera hegemonia nacional em 2015

Após anos de domínio de mineiros e cariocas, Copa do Brasil será decidida por Palmeiras e Santos, e Corinthians está próximo de vencer o Brasileirão

O futebol paulista está próximo de recuperar a hegemonia nacional depois de uma sequência de sucessos dos vizinhos mineiros e cariocas. Um ano depois de Cruzeiro e Atlético-MG pararem Belo Horizonte, a Copa do Brasil voltará a ser decidida entre clubes com rivalidades locais. Desta vez, Palmeiras e Santos trarão à final de volta a São Paulo, o Estado que mais venceu o torneio – chegará a dez títulos, contra seis dos gaúchos e cinco de cariocas e mineiros. Além disso, o Corinthians caminha firme para conquistar seu sexto título do Campeonato Brasileiro, com oito pontos de vantagem sobre o Atlético-MG, a seis rodadas do fim. Já o São Paulo, o pior dos quatro grandes do Estado no ano, é o quinto colocado no Brasileirão e segue com boas chances de disputar a Libertadores de 2016.

Leia também:

Palmeiras e Santos vão decidir a Copa do Brasil

Herói do Palmeiras comemora aniversário dos filhos no vestiário

Corinthians vence Flamengo e fica mais perto do título

São Paulo também lidera disparado o ranking dos campeões do Campeonato Brasileiro: 28 títulos, contra 15 do Rio de Janeiro, cinco do Rio Grande do Sul e cinco de Minas Gerais, entre todas as edições reconhecidas pela CBF, entre 1959 a 2014. No entanto, desde a conquista do Corinthians em 2011, o Estado não conquistava o torneio nacional mais desejado do Brasil. Na Copa do Brasil, outra pequena fila: o último campeão foi o Palmeiras, em 2012. Neste período, Fluminense, Flamengo, Cruzeiro e Atlético-MG abocanharam os principais títulos do país.

Nem mesmo na Libertadores o futebol de São Paulo se recuperou: o último campeão do Estado foi o Corinthians, há três anos. Na década passada, no entanto, São Paulo varreu a concorrência: foram seis títulos do Brasileirão e mais cinco da Copa do Brasil entre 2000 e 2010.

Dobradinhas – Foram raros os anos em que equipes do mesmo Estado conquistaram as duas competições. São Paulo foi o que mais conseguiu esse feito – três vezes (2005, 2004 e 1998), contra duas de Minas (2014 e 2003) – e pode ampliar a hegemonia caso o Corinthians confirme o favoritismo no Brasileirão.

O bom momento dos clubes se reflete também nos Estaduais: dirigentes dos quatro grandes clubes de São Paulo recentemente rejeitaram convite para integrar a Liga Sul-Minas-Rio, batizada de Primeira Liga, por considerarem que o Campeonato Paulista é rentável e não deve ser deixado de lado – ao contrário do que acontece nos Estados vizinhos. Os quatro grandes clubes paulistas lideram, junto a Flamengo e Vasco, a lista dos times que mais recebem cotas anuais de televisão – o que, naturalmente, ajuda bastante nos resultados em campo.

Anos em que um Estado dominou o futebol nacional:

São Paulo

2005 – Corinthians (Brasileirão) e Paulista de Jundiaí (Copa do Brasil)

2004 – Santos (Brasileirão) e Santo André (Copa do Brasil)

1998 – Corinthians (Brasileirão) e Palmeiras (Copa do Brasil)

Minas Gerais

2014 – Cruzeiro (Brasileirão) e Atlético-MG (Copa do Brasil)

2003 – Cruzeiro (Brasileirão e Copa do Brasil)

(da redação)

Member of The Internet Defense League