Clique e assine com 88% de desconto

Filipe Toledo avança na etapa do Rio; Mineirinho e Medina vão para a repescagem

Com 14 brasileiros na disputa, apenas quatro avançaram direto à terceira fase em Grumari; os outros dez surfistas nacionais vão disputar a segunda fase (repescagem)

Por Da Redação - 10 maio 2016, 13h59

Filipinho voltou nesta terça-feira ao Circuito Mundial de Surfe, recuperado de lesão, apresentando ótimo desempenho nas águas da Praia de Guamari, no Rio de Janeiro. Defendendo o título da etapa brasileira conquistado no ano passado, ele avançou direto à terceira fase da competição, pulando a segunda fase (repescagem). Os últimos dois campeões mundiais, Medina (2014) e Mineirinho (2015), não tiveram o mesmo sucesso: os dois caíram logo na primeira rodada e irão disputar a repescagem para tentar seguirem vivos na competição.

Fora das duas últimas etapas, Toledo mostrou na primeira bateria de Grumari que é forte candidato ao título consecutivo no Rio. Fez bons aéreos (sua especialidade), escolheu bem as ondas e garantiu uma nota 8.00, somando no total 13,77, contra 11,60 do havaiano Dusty Payne e 11,35 do americano Kanoa Igarashi.

Na segunda bateria, Gabriel Medina não foi bem: ficou em último com a nota 11,80 contra dois convidados, o australiano Stuart Kennedy (12,93) e o italiano Leonardo Fioravanti (14,30), líder da QS, divisão de acesso ao Mundial. O atual campeão Mineirinho ficou em segundo em sua bateria com 13,80, à frente do havaiano Keanu Asing (13,74), mas foi surpreendido por outro brasileiro, o jovem Lucas Silveira, que somou 15,84. O carioca de 19 anos, atual campeão mundial júnior, substituiu o americano Kelly Slater, que desistiu da etapa do Rio por “motivos pessoais”.

Zebra e outros resultados – Melhor surfista brasileiro no ranking mundial, ocupando a terceira colocação, Ítalo Ferreira confirmou seu favoritismo e avançou à terceira fase, batendo os compatriotas Miguel Pupo e Bino Lopes. A maior surpresa do dia foi o baiano Marco Fernandez, que mandou para a repescagem ninguém menos do que o líder do ranking e o vencedor das duas primeiras etapas, o australiano Matt Wilkinson, e o potiguar Jadson André. Alejo Muniz também se classificou à terceira fase e os brasileiros restantes, Alex Silveira, Wiggolly Dantas, Deivid Silva e Caio ibelli perderam suas baterias e vão para a repescagem.

Confira os resultados da primeira fase:

1: Filipe Toledo (BRA) 13.77, Kanoa Igarashi (EUA) 11.35, Dusty Payne (HAV) 11.60

2: Gabriel Medina (BRA) 11.80, Stuart Kennedy (AUS) 12.93, Leonardo Fioravanti (ITA) 14.30

3: Julian Wilson (AUS) 9.24, Davey Cathels (AUS) 12.00, Deivid Silva (BRA) 7.43

4: Italo Ferreira (BRA) 16.50, Miguel Pupo (BRA) 10.86, Bino Lopes (BRA) 8.66

5: Matt Wilkinson (AUS) 8.73, Jadson André (BRA) 11.57, Marco Fernandez (BRA) 13.43

6: Adriano de Souza (BRA) 13.80, Keanu Asing (HAV) 13.74, Lucas Silveira (BRA) 15.84

7: Nat Young (EUA) 15.04, Michel Bourez (TAH) 9.37, Alex Ribeiro (BRA) 5.83

8: Jordy Smith (AFR) 12.37, Conner Coffin (EUA) 10.83, Jack Freestone (AUS) 10.70

9: Jeremy Flores (FRA) 15.13, Josh Kerr (AUS) 15.04, Adam Melling (AUS) 15.23

10: Kolohe Andino (EUA) 7.67, Wiggolly Dantas (BRA) 13.44, Ryan Callinan (AUS) 15.53

11: Sebastian Zietz (HAV) 12.77, Adrian Buchan (AUS) 13.46, Alejo Muniz (BRA) 13.50

12: Caio Ibelli (BRA) 10.84, John John Florence (HAV) 11.34, Matt Banting (AUS) 6.34

(Da redação)

Publicidade