Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Falastrão Sonnen ressurge: ‘Ronda foi um fenômeno criado pela mídia’

Ex-lutador, famoso por trocar farpas e perder para Anderson Silva, comentou o nocaute sofrido pela maior estrela do MMA feminino

O lutador americano aposentado Chael Sonnen, que ganhou fama por falar muito e lutar pouco em suas disputas de cinturão – perdeu duas vezes para o brasileiro Anderson Silva e uma para o americano Jon Jones -, viu no nocaute arrasador de Holly Holm sobre a ex-campeã Ronda Rousey uma ótima oportunidade para soltar o verbo novamente. Segundo Sonnen, a derrota em Melbourne no UFC 193 mostrou que a anterior supremacia de Ronda na categoria peso-galo feminino havia sido “fabricada”.

Leia também:

Ronda despenca no ranking do UFC após nocaute. Aldo lidera

Ronda Rousey perdeu por ‘salto alto’? Ex-agente acha que sim

Hospitalizada após nocaute, Ronda Rousey avisa: ‘Vou voltar’

“As coisas ficam mais claras depois que você as vê. Eu também não consegui prever essa luta, mas o que acontece é que a Ronda foi um fenômeno criado pela mídia”, atacou o ex-lutador de 38 anos à Rádio ESPN. “Essa divisão é ainda tão rasa e tão nova que, quando a mídia entrou por trás, com muita publicidade, as pessoas passaram a acreditar no que era dito. Quando você ouve alguma coisa muitas vezes, você começa a pensar que é real, e eu me incluo nisso.”

Sonnen, que deixou o octógono e virou comentarista depois de ser flagrado em exame antidoping, admite que apostou na vitória de Ronda. “Todos nós pensávamos que seu reinado seria mais longo”. O ex-lutador acredita que Dana White, o chefão do UFC, promoverá uma grande revanche, mas considera que, a longo prazo, o UFC feminino será prejudicado pela queda de Ronda.

“Quando uma estrela se apaga, outra nasce. Mas não acho que a Holly Holm, apesar de sua grande força física, vai conseguir transcender a cultura do esporte como a Ronda fez. Ronda tem uma personalidade única, ela é muito simpática e muito vendável, diz e faz as coisas certas. Holly é só uma pessoa muito gentil e doce e uma lutadora muito boa. Eu acho que o MMA feminino vai perder um pouco, mas é assim mesmo que as coisas funcionam”.

(da redação)

Member of The Internet Defense League