Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fabiana Murer supera trauma e leva prata no Mundial de Pequim

Brasileira conquista sua segunda medalha em Mundiais no mesmo estádio Ninho de Pássaro onde viveu a maior decepção de sua carreira em 2008

A brasileira Fabiana Murer ficou bem perto do bicampeonato mundial do salto com vara. Nesta segunda-fera, a atleta de 34 anos conquistou a medalha de prata no Mundial de Atletismo de Pequim, na China. Murer só foi superada por sua maior rival, a cubana Yarisley Silva, para quem perdeu também nos dois últimos Jogos Pan-Americanos. O resultado colocou fim ao trauma vivido pela brasileira no mesmo Estádio Ninho de Pássaro, sete anos atrás, nas Olimpíadas de Pequim-2008, quando era uma das favoritas, mas não encontrou seu equipamento e ficou sem medalha.

Atleta fica bêbado e paga motorista de táxi com medalha de ouro

Nesta segunda, Murer igualou a melhor marca da sua carreira, os 4,85m que tinha alcançado quando se tornou a única campeã mundial da história do atletismo brasileiro em Daegu, em 2011. Yarisley Silva, porém, saltou 4,90 m na última tentativa e levou o ouro. A grega Nikoleta Kyriakopoulou, que saltou 4,80, completou o pódio. Com a prata, Fabiana chega a sua segunda medalha em seis participações em Mundiais – sem contar o ouro e a prata no Mundial Indoor de 2010 e 2008, respectivamente.

Decepção – A prata de Murer ameniza, mas não apaga a péssima campanha do Brasil no Mundial de Atletismo até aqui. Em Moscou, o país fez sete “finais” (classificações entre os oito primeiros da prova). Em Pequim, por enquanto, só Fabiana Murer e Caio Bonfim, sexto na marcha atlética 20km, conseguiram tal feito após cinco dias de competições. E ótimas oportunidades já foram perdidas no salto em distância feminino, salto com vara masculino, maratona masculina e arremesso de peso masculino e feminino.

Fabiana Murer conquista medalha de prata no Mundial de Atletismo de Pequim

Fabiana Murer conquista medalha de prata no Mundial de Atletismo de Pequim (/)

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League