Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

F1: Rosberg volta a vencer em Interlagos e garante vice-campeonato

Piloto alemão dominou completamente a prova e evitou a primeira vitória do campeão Hamilton em São Paulo. Brasileiros decepcionaram: Massa foi desclassificado e Nasr o 14º

Hamilton manteve o jejum de nunca ter vencido em Interlagos depois de nove corridas. Apesar da segunda posição, o campeão de 2015 estava bastante animado após a corrida

O GP do Brasil de Fórmula 1 não valia praticamente nada em relação ao campeonato, já que o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, já havia assegurado seu terceiro título mundial duas corridas atrás. E, de fato, o que se viu no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, neste domingo foi uma corrida pouco empolgante, novamente com domínio absoluto da equipe Mercedes. Assim como no ano passado, o vencedor foi o alemão Nico Rosberg, que largou na pole position e liderou durante toda a prova. Com isso, o alemão evitou novamente a primeira vitória de seu companheiro Hamilton, segundo colocado, em solo brasileiro.

As Ferraris do alemão Sebastian Vettel e do finlandês Kimi Raikkonen vieram na sequência. Os brasileiros decepcionaram a torcida: Felipe Massa, da Williams, terminou em oitavo (a mesma posição que largou), mas foi desclassificado horas depois da prova, por causa de uma irregularidade em seu carro. O pneu direito traseiro de Massa estava com 137ºC de temperatura, 27ºC acima da medida permitida, e com pressão 0.1psi libras por polegada quadrada absoluta) abaixo do mínimo de 20.5psi, limites estabelecidos pela Pirelli, fornecedora única da Fórmula 1. Já Felipe Nasr, da Sauber, foi o 14º.

Com a vitória, Rosberg chegou a 297 pontos e assegurou o vice-campeonato. Seu compatriota Sebastian Vettel tem 266 e não consegue mais alcançá-lo. Hamilton, por sua vez, manteve o jejum de nunca ter vencido em Interlagos depois de nove corridas. Apesar da segunda posição, o campeão de 2015 estava bastante animado após a corrida. Ele subiu ao pódio com um boné amarelo e até arriscou uma saudação em português. A torcida, então, começou a cantar a múica que eternizou o maior ídolo de Hamilton, o brasileiro Ayrton Senna. Ainda resta uma etapa do mundial de Fórmula 1: em 29 de novembro, acontece o GP de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Leia também:

Novos ‘grid boys’ desfilam com as musas da F1

F1: Pato e Fiorella voltam a marcar presença em Interlagos

F1: Rosberg faz a pole em Interlagos; Massa larga em 8º

Alonso abandona treino, mas toma sol e se diverte em Interlagos

A corrida – Na largada, Hamilton já partiu para cima de Rosberg, mas o alemão fechou a porta e até abriu vantagem no início. O espanhol Carlos Sainz, da Renault, que havia largado dos boxes, teve problemas no carro e abandonou a corrida logo na primeira volta. O brasileiro Felipe Nasr, que largou em 13º, conseguiu uma sequência de três ultrapassagens e levantou o público em Interlagos.

A maioria dos pilotos, incluindo Massa, entrou cedo nos boxes para colocar pneus médios. No retorno, Hamilton colou em Rosberg e mostrou que não estava disposto a facilitar a vida do companheiro, com quem troca farpas constantes desde o ano passado. O campeão, no entanto, avisou a Mercedes que seus pneus estavam desgastados e que teria que segurar um pouco o ritmo. Rosberg, então, voltou a abrir vantagem.

Na 32ª volta, o holandês Max Verstappen, da Toro Rosso, o caçula da categoria aos 18 anos, levantou as arquibancadas com uma bela ultrapassagem sobre o mexicano Sergio Perez, da Force India, para assumir a 11ª colocação. O espanhol Fernando Alonso, que abandonou os treinos e ainda fez graça para os fotógrafos no sábado, largou na última colocação e teve que fazer uma corrida de recuperação. O bicampeão até conseguiu uma série de ultrapassagens, mas ficou bem distante da briga pelas primeiras posições.

Na 58ª volta, a superioridade das Mercedes era tão grande que Rosberg e Hamilton completaram uma volta à frente de Massa, então oitavo colocado. A Sauber de Nasr perdeu potência no fim e o piloto de Brasília, que estreou na Fórmula 1 em 2015, não conseguiu brigar por seus primeiros pontos em casa. No fim, Rosberg administrou a liderança e garantiu sua segunda vitória em Interlagos.

Classificação do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1:

1: Nico Rosberg (ALE/Mercedes)

2: Lewis Hamilton (ING/Mercedes)

3: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)

4: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)

5: Valtteri Bottas (FIN/Williams)

6: Nico Hulkenberg (ALE/Force India)

7: Daniil Kvyat (RUS/Red Bull)

8: Romain Grosjean (FRA/Lotus)

9: Max Verstappen (HOL/Toro Rosso)

10: Pastor Maldonado (VEN/Lotus)

11: Sergio Pérez (MEX/Force India)

12: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull)

13: Felipe Nasr (BRA/Sauber)

14: Jenson Button (ING/McLaren)

15: Fernando Alonso (ESP/McLaren)

16: Marcus Ericsson (SUE/Sauber)

17: Will Stevens (ING/Manor Marussia)

18: Alexander Rossi (EUA/Manor Marussia)

Felipe Massa (BRA/Williams) – Terminou em oitavo, mas foi desclassificado horas após a corrida

Não completou: Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso)

Member of The Internet Defense League