Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

F1: Red Bull ‘rebaixa’ Kvyat para a Toro Rosso e põe Verstappen em seu lugar

A troca ocorre logo depois de o piloto russo bater no carro de Sebastian Vettel, no GP da Rússia, no último domingo, e de causar outro acidente ao alemão na prova anterior, em Xangai

A Red Bull anunciou nesta quinta-feira o “rebaixamento” do piloto russo Daniil Kvyat para a sua equipe parceira, a Toro Rosso. Ele será substituído pelo holandês Max Verstappen, de apenas 18 anos, no restante da temporada 2016 da Fórmula 1, começando pelo GP da Espanha, que será disputado em 15 de maio.

A decisão de colocar Kvyat na equipe inferior ocorre depois de o piloto bater duas vezes no carro de Sebastian Vettel, no GP da Rússia, no último domingo, deixando o rival da Ferrari fora da corrida, logo na primeira volta. Antes disso, Kvyat também se envolveu em outro incidente com Vettel no GP da China, desta vez indiretamente: o piloto alemão bateu em seu companheiro de equipe, Kimi Raikkonen, após Kvyat tentar uma ultrapassagem agressiva logo na primeira curva. Agora, o corredor russo terá que voltar à escuderia pela qual debutou no circuito da Fómula 1, enquanto o jovem Max Verstappen, destaque da Toro Rosso, ascende à carreira com a promoção.

“Max provou ser um jovem talento excepcional. Seu desempenho tem sido impressionante até agora e temos o prazer lhe dar a oportunidade de pilotar pela Red Bull”, disse Christian Horner, o chefe da equipe, em um comunicado. “Estamos em uma posição única de ter todos os quatro pilotos na Red Bull e na Toro Rosso sob contratos de longo prazo com a Red Bull, por isso temos a flexibilidade necessária para movê-los entre as duas equipes. Kvyat terá condições de continuar o seu desenvolvimento na Toro Rosso, em uma equipe que ele está familiarizado, lhe dando a chance de recuperar sua forma e apresentar o seu potencial”, completou Horner.

LEIA TAMBÉM:

Se quiser ficar, Raikkonen terá de ‘mostrar serviço’, diz chefe da Ferrari

Saiba quanto ganha um piloto de Fórmula 1

A troca significa uma grande mudança para o holandês, o mais jovem piloto a estrear na Fórmula 1, na última temporada. “É uma oportunidade incrível”, disse Verstappen, que comemorou a futura parceria com Daniel Ricciardo na Red Bull. A decisão, porém, é um grande golpe para o russo, de 22 anos, que assinou com a equipe para substituir Vettel a partir do ano passado, quando o alemão deixou a Red Bull para pilotar pela Ferrari.

O piloto holandês Max Verstappen comemora o segundo lugar na Formula 3 no Circuito de Silverstone, na Inglaterra

O piloto holandês Max Verstappen comemora o segundo lugar na Formula 3 no Circuito de Silverstone, na Inglaterra (/)

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League