Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

F1: Hamilton admite incômodo com vantagem de Rosberg

Piloto alemão venceu as três primeiras corridas e abriu 36 pontos de vantagem sobre o companheiro de Mercedes no início da temporada de 2016

O tricampeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton não escondeu sua preocupação com a distância aberta por seu companheiro de Mercedes (e maior rival na Fórmula 1), Nico Rosberg, na liderança da temporada. O alemão venceu as três primeiras corridas de 2016 e disparou na ponta, com 75 pontos, 36 a mais que Hamilton.

“Não encaro isso com leviandade e nem como se não fosse grande coisa. É uma grande coisa”, afirmou Hamilton nesta quinta-feira, às vésperas do Grande Prêmio da Rússia. “São 36 pontos. É uma corrida e mais um pouco. É uma ladeira íngreme para se subir”, admitiu o britânico, que superou o companheiro para ficar com o título nos últimos dois anos.

Leia também:

“A F1 era melhor quando eu era um ditador”, dispara Ecclestone

Hamilton decreta: “Não preciso ser amigo de Rosberg”

F1: Rosberg lamenta erro no fim e ‘engole’ provocação do campeão Hamilton

Hamilton se apega ao histórico para seguir acreditando na conquista: em 2014, ele superou uma diferença de 29 pontos a favor de Rosberg. Além disso, esta temporada será a mais longa da história, com 21 provas.

Outro bom presságio para o inglês: Hamilton venceu todas as edições do GP da Rússia, em Sochi, que estreou na temporada da Fórmula 1 em 2014.

(Com agência Reuters)

Member of The Internet Defense League