Clique e assine com 88% de desconto

Ex-número 1 do mundo, Wozniacki vai se aposentar após Aberto da Austrália

Tenista dinamarquesa quer se dedicar a outros objetivos fora da quadra

Por da Redação - 6 dez 2019, 15h28

Caroline Wozniacki vai dar adeus às quadras em janeiro de 2020. A tenista dinamarquesa de 29 anos anunciou que irá disputar a próxima edição do Aberto da Austrália e depois irá deixar o esporte para se casar, começar uma família com o marido David Lee, ex-jogador da NBA, e viajar pelo mundo em um projeto para o tratamento da artrite reumatoide, doença inflamatória que afeta as articulações, e um problema pelo qual a atleta passou por toda a carreira.

Wozniacki fez o anúncio da sua aposentadoria nesta sexta-feira em seu perfil no Instagram. A tenista elencou seus títulos e disse ter finalizado o primeiro capítulo da vida durante a carreira.

“Jogo profissionalmente desde os 15 anos. Experimentei um primeiro capítulo incrível da minha vida. Com 30 títulos de WTA, o primeiro lugar do ranking mundial por 71 semanas, uma vitória nas finais da WTA, três Olimpíadas, incluindo carregar a bandeira da Dinamarca, além de vencer o Aberto da Austrália de 2018. Consegui tudo o que sonhei dentro da quadra”, contou a número 1 do mundo entre 2010 e 2012 e em 2018.

Para a tenista, não se trata de um adeus, pois Wozniacki quer continuar dividindo a jornada com os fãs através das redes sociais, mas chegou o momento de deixar de atuar como profissional. “Sempre disse para mim mesma que, quando a hora chegasse, seria porque tem coisas fora do tênis que quero fazer mais. Então é a hora de fazer. Nos últimos meses, percebi que há muito mais que quero realizar fora da quadra”.

Continua após a publicidade

A dinamarquesa terminou o texto com um agradecimento para aqueles que a apoiaram durante toda a carreira. “Quero dizer obrigada do fundo do coração para os fãs, amigos, patrocinadores, meu time e, especialmente, meu pai como meu treinador, meu marido e minha família por terem me apoiado durante décadas. Sem todos vocês, não poderia fazer nada disso”.

Caroline Wozniacki encerra a carreira como a 37ª colocada do ranking mundial da WTA. Ela foi diagnosticada com artrite reumatoide em 2018 e teve dificuldades para continuar jogando em alto nível. Em junho, casou-se com David Lee e agora decide dar os próximos passos fora das quadras.

Publicidade