Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em casa, São Paulo só empata com Chapecoense

Apesar da grande chance desperdiçada, clube paulista alcança os 42 pontos e volta ao G4, favorecido pela derrota do Flamengo

Bem marcado, São Paulo nem passou perto de fazer o gol de número 3000 em sua história com o Morumbi. Diante de uma fraca, porém aplicada Chapecoense, o clube paulista voltou a ser a equipe que não empolga e pouco consegue criar, como diante de Goiás, Ceará e Santos. O empate em 0 a 0 frustra os planos do técnico Juan Carlos Osorio não só de engrenar uma sequência de vitórias na competição, mas também de manter um padrão de alto nível de atuações.

Depois de uma partida primorosa contra o Grêmio, o São Paulo sentiu muita falta de Paulo Henrique Ganso, desfalque por dores no joelho. Sem um cérebro para inventar uma jogada diferente, o time só tocava de lado. A Chapecoense fez seu papel. Na estreia do técnico Guto Ferreira, os catarinenses marcaram bem e forte, não abdicaram da bola e levaram o jogo em banho-maria. Tinham uma estratégia tão bem definida que foram mais perigosos que os donos da casa.

Apesar do resultado medíocre, 42 pontos bastaram para colocar os são-paulinos de volta no G4, favorecidos pela derrota do Flamengo para o Coritiba. A Chapecoense alcançou os 31 pontos e ganhou uma folga na briga contra o rebaixamento. Na próxima rodada, os tricolores terão de encarar outra equipe catarinense. No domingo, às 16h, eles encaram o Avaí, na Ressacada. A Chapecoense, por sua vez, recebe o Cruzeiro no mesmo dia, mas às 18h30, na Arena Condá.

(Com Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League