Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eliminatórias sul-americanas começam sem suas principais estrelas

Messi, Neymar, Suárez, James Rodriguez e outros craques serão desfalque na rodada inaugural desta quinta-feira

A corrida por uma das vagas da América do Sul na Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia, começará com importantes baixas nas principais seleções do continente. Se o Brasil não terá o atacante Neymar, suspenso nos dois primeiros jogos, Argentina, Uruguai e Colômbia também precisarão substituir seus principais jogadores.

A seleção argentina, que nesta quinta-feira recebe o Equador no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, às 21 horas (de Brasília), não poderá contar com o astro Lionel Messi, que se recupera de uma contusão no joelho esquerdo sofrida em partida do Barcelona. O técnico Tata Martino deve escalar Sergio Aguero, do Manchester City, em seu lugar, deixando Carlitos Tevez na reserva, para decepção da torcida do Boca Juniors.

Leia também:

Seleção estreia nas Eliminatórias com time que não deve ir à Copa

Kaká, a dois gols de recorde na seleção, brinca: “Neymar vai atropelar tudo”

Brasil usará uniforme especial em apoio às vítimas de terremoto no Chile

Na Colômbia, o técnico argentino José Pékerman não poderá contar com James Rodríguez. O craque do Real Madrid e artilheiro da Copa do Mundo de 2014 também está lesionado – sofreu contusão muscular na coxa esquerda – e não joga nesta quinta-feira, às 17h30, contra o Peru, em Barranquilla. Um dos seus possíveis substitutos, Macnelly Torres também está machucado (rompeu os ligamentos do joelho direito).

Outro país que sofrerá com ausências importantes é o Uruguai, que enfrenta a Bolívia, às 16 horas, na altitude de La Paz. Os atacantes Luis Suárez e Edinson Cavani seguem suspensos e estão fora. O atacante do Barcelona está suspenso pela mordida que deu no italiano Giorgio Chiellini na Copa do Mundo de 2014 e o jogador do PSG está fora por causa da expulsão diante do Chile, na Copa América, quando reagiu à “mão boba” do chileno Gonzalo Jara. Cristhian Stuani e Abel Hernández entrarão no ataque uruguaio.

Em Caracas, a Venezuela recebe o Paraguai, às 18 horas (de Brasília). O atacante Roque Santa Cruz, um dos principais jogadores paraguaios, está fora da partida, também por lesão. Além de Neymar, o jogo entre Brasil e Chile, às 20h30 (de Brasília), pode ter o desfalque dos dois principais jogadores chilenos, Arturo Vidal, do Bayern de Munique, e Alexis Sanchez, do Arsenal, que se apresentaram com dores e não tiveram escalação confirmada pelo técnico Jorge Sampaoli.

Jogos desta quarta-feira das Eliminatórias:

16h: Bolívia x Uruguai (Hernando Siles)

17h30: Colômbia x Peru (Metropolitano de Barranquilla)

18h: Venezuela x Paraguai (Cachamay)

20h30: Chile x Brasil (Estádio Nacional)

21h: Argentina x Bolívia (Monumental de Nuñez)

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League