Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dunga convoca Felipe e Gabigol para as vagas de David Luiz e Neymar

Titulares receberam cartão amarelo no empate com o Uruguai e foram suspensos para o jogo de terça-feira, contra o Paraguai, em Assunção

A seleção brasileira anunciou neste sábado a convocação do zagueiro Felipe, do Corinthians, e do atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, do Santos, para a partida diante do Paraguai, em Assunção, na terça-feira, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Eles foram os escolhidos de Dunga para substituir David Luiz e Neymar, que receberam cartão amarelo no empate em 2 a 2 contra o Uruguai e foram suspensos.

Esta foi a primeira convocação de ambos para a seleção brasileira adulta. Felipe, de 26 anos, brigará com Gil e Marquinhos pela vaga deixada por David Luiz. Gabriel já está habituado a vestir a camisa amarela, mas nas seleções de base. Na última quinta-feira, ele atuou na derrota da seleção olímpica para a Nigéria, em Vitória. Além de Gabriel, Dunga terá Ricardo Oliveira e Jonas como opções para o lugar de Neymar.

Com o tropeço desta sexta-feira em Recife, o Brasil permaneceu na terceira colocação das Eliminatórias, empatado com Paraguai e Argentina com oito pontos. Chile e Colômbia dividem a sexta posição com sete pontos. O Equador é o líder com 13 pontos, seguido pelo Uruguai, que tem 10.

Neymar – O capitão da seleção brasileira desfalcará novamente o time por indisciplina. Diante do Uruguai, o jogador do Barcelona recebeu seu segundo cartão amarelo em três partidas por causa de uma entrada dura em Álvaro González. Neymar só atuou em três partidas das Eliminatórias, porque nas duas primeiras partidas ainda cumpria suspensão referente à Copa América.

O técnico Dunga defendeu o atleta e disse que o astro do Barcelona é perseguido pelos árbitros. “Converso com o Neymar, mas eu gostaria que as faltas que ele sofresse também fossem para cartão amarelo. Seria justo. A falta que ele fez não foi tão grave”, afirmou Dunga na entrevista coletiva.

“É difícil o jogador com qualidade técnica, que dribla, e os adversários sempre o irritam com muitas faltas. Mas o Neymar precisa se habituar. Tudo que ele faz tem uma conotação sempre maior, e os árbitros serão mais rígidos com ele”, completou o treinador.

(da redação)

Member of The Internet Defense League