Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dunga aprova ‘base’ do Corinthians e não define goleiro titular

Cássio foi chamado pelo técnico e se juntou a três companheiros de clube

O técnico Dunga fez poucas mudanças na convocação da seleção brasileira para as partidas contra Argentina e Peru, pelas Eliminatórias da Copa, em novembro. A principal novidade foi o goleiro Cássio, do Corinthians, que fará companhia aos companheiros de clube Gil, Renato Augusto e Elias. Com quatro convocados, o Corinthians é o time que mais cedeu atletas na lista – Santos, Barcelona, Chelsea, Real Madrid e Paris Saint-Germain têm dois representantes cada. Dunga admitiu que o entrosamento pode ajudar e ressaltou que está observando os atletas do campeonato nacional.

Leia também:

Cássio aponta melhor goleiro do Brasileirão: ‘Eu’

Dunga dá nota 8.5 para seleção em Fortaleza e já pensa na Argentina

Seleção afasta crise com vitória sobre a Venezuela em Fortaleza

“É bom, são jogadores experientes, que vem jogando muito bem. Para nós não importa se joga no Brasil ou na Europa, o que importa é o rendimento dos jogadores. Vamos olhar pelo lado técnico. O importante é que são jogadores habituados a vencer e isso acrescenta muito numa seleção.” Coincidentemente, a seleção usará também o centro de treinamentos do Corinthians antes de viajar para Buenos Aires. “A mudança é uma questão de logística. Ficaremos em São Paulo, perto do aeroporto, e isso facilitará para os jogadores. Ganharemos tempo para treino”, explicou Dunga.

Cássio foi chamado para o lugar de Marcelo Grohe, do Grêmio, que se recupera de lesão e, segundo Dunga, “já estava merecendo uma oportunidade”. O treinador, no entanto, não quis adiantar quem será o titular nas próximas partidas – Jefferson, do Botafogo, jogou contra o Chile, e Allison, do Inter, contra a Venezuela. “Quando o treinador convoca, ele confia nos 23 jogadores. Todos estão na seleção pela capacidade que têm e pelo que fazem nos seus clubes, e podem jogar. A decisão é do treinador e será tomada durante os treinamentos.”

Argentina – O treinador tentou minimizar a ausência do lesionado Lionel Messi e o fato de Argentina ter apenas um ponto na competição e espera um jogo duríssimo, dia 12 de novembro, em Buenos Aires. “Contra a Argentina é sempre uma guerra, um campeonato à parte. Cada bola é uma decisão. O Brasil vai ter que se superar para conseguir a vitória.”

Dunga afirmou que não sabe ainda como escalará Neymar – a tendência é entre no lugar de Douglas Costa, aberto pela esquerda – e ressaltou os pontos positivos que observou nas últimas partidas. “Estamos voltando a jogar da maneira que o Brasil gosta, com qualidade técnica, drible, criatividade. Também temos várias coisas que não gostamos, mas isso é uma coisa interna e tentamos corrigir e motivar os jogadores.”

Os 23 convocados da seleção brasileira:

Goleiros

Allison (Inter)

Cássio (Corinthians)

Jefferson (Botafogo)

Zagueiros:

Miranda (Inter de Milão)

Marquinhos (PSG)

David Luiz (PSG)

Gil (Corinthians)

Laterais:

Danilo (Real Madrid)

Daniel Alves (Barcelona)

Filipe Luis (Atlético de Madri)

Marcelo (Real Madrid)

Meio-campistas:

Luiz Gustavo (Wolfsburg)

Fernandinho (Manchester City)

Elias (Corinthians)

Renato Augusto (Corinthians)

Oscar (Chelsea)

Lucas Lima (Santos)

Willian (Chelsea)

Kaká (Orlando City)

Atacantes:

Neymar (Barcelona)

Douglas Costa (Bayern de Munique)

Hulk (Zenit)

Ricardo Oliveira (Santos)

(da redação)

Member of The Internet Defense League