Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic é eliminado por 55 do mundo na estreia do Masters 1000 de Monte Carlo

Apesar do bom desempenho nos últimos grandes torneios, o número 1 do mundo caiu diante do checo Jiri Vesely, de 22 anos

Depois de um bom começo de ano de Novak Djokovic, com títulos em Indian Wells e Miami – dois dos maiores torneios do circuito da ATP – o número 1 do mundo foi eliminado nesta quarta-feira na estreia do Masters 1000 de Monte Carlo pelo checo Jiri Vesely, número 55 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 2/6 e 6/4, em 2 horas e 6 minutos. O jovem tenista de 22 anos arrancou uma vitória heroica do líder do ranking com consistência aproveitando-se dos erros não forçados do sérvio, que teve sua segunda derrota no ano – ele havia perdido, em fevereiro, para o espanhol Feliciano Lopez, no ATP 500, ao abandonar a partida por causa de uma infecção no olho.

A última derrota de Djoko em torneios Masters, nível inferior apenas aos Grand Slams, havia sido em agosto, quando ele perdeu a final em Cincinnati, nos Estados Unidos, para o suíço Roger Federer. Mas, desta vez, o revés para Vesely surpreendeu por ser logo na estreia e diante de um adversário que nunca havia vencido um tenista ‘Top 10’. O checo espera a definição do confronto entre o italiano Paolo Lorenzi e o francês Gael Monfils.

LEIA TAMBÉM:

“Jamais alguém jogou assim”, diz Nadal sobre Djokovic

Feijão: premiação baixa do tênis pode incentivar manipulação

Escândalo no tênis: atletas espanhóis relatam ameaças de apostadores

O Masters 1000 de Monte Carlo, na França, é o primeiro da série de torneios no saibro. A derrota de Djokovic na primeira partida do ano neste piso põe dúvidas quanto ao seu desempenho na terra batida, na qual tentará em Roland Garros o título inédito no Grand Slam francês, em Paris, que começa em meados de maio.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League