Clique e assine com 88% de desconto

Dilma aprova lei que isenta estrangeiros de visto para a Rio-2016

Medida tem como objetivo atrair mais visitantes e aquecer a economia do país, mas desperta preocupações relacionadas a terrorismo.

Por Da Redação - 25 nov 2015, 08h36

(Atualizado em 26/11 com declarações do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves)

A presidente Dilma Rousseff sancionou um projeto de lei que dispensa a necessidade de visto para a entrada de alguns estrangeiros no Brasil para os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, informou o Diário Oficial da União nesta quarta-feira. A liberação de entrada de estrangeiros não está condicionada à aquisição de ingressos para as competições e a permanência em território brasileiro terá duração máxima de 90 dias.

Leia também:

Rio-2016: ‘Todo cuidado é pouco’, diz ministro sobre risco de terrorismo

Continua após a publicidade

Campo de golfe da Rio-2016 é entregue sem protestos

Rio-2016 lança ‘Errejota’, a bola do futebol olímpico

O governo ainda decidirá quais países terão direito à isenção. O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, disse que a medida deve se aplicar apenas a cidadãos de países que já realizaram os Jogos e que não são vistos como riscos de segurança ou imigração, como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão.

A medida tem como objetivo atrair mais visitantes ao país e aquecer a economia, de acordo com o governo, mas pode despertar preocupações adicionais sobre a segurança do evento, em especial após os ataques do Estado Islâmico, em Paris, em 13 de novembro.

Continua após a publicidade

Na Copa do Mundo do ano passado apenas torcedores com ingressos para jogos do Mundial estavam isentos de solicitar visto de entrada no país. A isenção de visto será aplicada para quem chegar ao Brasil até 18 de setembro de 2016. Os Jogos Olímpicos do Rio acontecem de 5 a 21 de agosto, e serão seguidos pelo Jogos Paralímpicos de 7 a 18 de setembro.

(com agência Reuters)

Publicidade