Clique e assine com 88% de desconto

Despedida de Kobe tem ingressos a partir de R$ 2,3 mil e boné especial por R$ 140 mil

A última partida do ídolo dos Lakers na NBA será no dia 13 de abril, no Staples Center, em Los Angeles, contra o Utah Jazz

Por Da Redação - 7 abr 2016, 16h07

O último jogo da carreira de Kobe Bryant na NBA, na próxima quarta-feira, será marcado por festa, homenagens e muita pompa. Quem quiser assistir à despedida de um dos melhores jogadores da história do basquete, de 37 anos, pelo Los Angeles Lakers, no Staples Center, diante do Utah Jazz, terá de desembolsar de 628 dólares (cerca de 2,3 mil reais), de acordo com o site de vendas Stub Hub, até 500.000 dólares (cerca de 1.8 milhão de reais) – os assentos mais caros ficam na beirada da quadra, próximo do banco de reservas dos jogadores.

Alguns itens de luxo serão vendidos no dia da partida derradeira de Kobe, que anunciou em novembro do ano passado sua aposentadoria. O mais caro é um boné de 38.000 dólares (cerca de 140 mil reais), revestido de pele de carneiro e cobra, com 18 quilates de ouro no formato do número 24 na parte dianteira da peça, representando a atual camisa usada pelo ídolo dos Lakers, que também vestiu a camisa 8 no começo de sua jornada de 20 anos no time de Los Angeles. Apenas oito unidades desta edição especial do boné foram produzidas.

Carreira – As homenagens e o luxo da noite de 13 de abril serão frutos de agradecimento a Kobe por sua devoção aos Lakers e contribuição ao basquete mundial. Ele é o terceiro maior pontuador da história da NBA, com mais de 32.000 pontos, e é o segundo maior cestinha em apenas um jogo: em 2006, anotou 81 pontos na partida contra os Raptors, ficando atrás apenas de Wilt Chamberlain, que marcou, em 1962, 100 pontos pelo Philadelphia Warriors (atual Golden State Warriors) diante do New York Knicks. Entre os maiores triunfos de Kobe Bryant estão as duas medalhas de ouro conquistadas nos Jogos de Pequim, em 2008, e Londres, em 2012, e os cinco títulos da NBA pelos Lakers (2000, 2001, 2002, 2009 e 2010).

Leia também:

Continua após a publicidade

Ele não vem: Kobe Bryant descarta disputar a Rio-2016

Com LeBron e sem Kobe, basquete dos EUA pré-convoca 30 para a Rio-2016

LeBron lamenta aposentadoria de Kobe Bryant: ‘Queria ser como ele’

O boné do Kobe Bryant que será vendido eu seu jogo de despedida VEJA

(da redação)

Publicidade