Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Depois de derrota vergonhosa, Allegri é demitido do Milan

Equipe vencia o modesto Sassuolo por 2 a 0, mas acabou perdendo por 4 a 3

O Milan anunciou nesta segunda-feira a demissão do Massimiliano Allegri, que não resistiu ao desgaste provocado pela surpreendente derrota por 4 a 3 para o Sassuolo, no domingo, fora de casa, pelo Campeonato Italiano. O time de Milão chegou a abrir 2 a 0 no confronto, mas levou quatro gols seguidos, todos marcados pela revelação Domenico Berardi, de 19 anos. O Milan agora está sob o comando do ex-assistente Mauro Tassotti, que foi promovido de forma interina ao cargo de técnico.

Leia também:

Depois de fiasco, Barbara pede ‘mudanças urgentes’ no Milan

Barbara Berlusconi é a nova vice-presidente do Milan

O Milan ganhou apenas cinco das dezenove partidas disputadas nesta temporada e os rumores sobre a demissão de Allegri aumentaram nos últimos meses. “O Milan comunica que demitiu o treinador de sua equipe profissional, Massimiliano Allegri, e sua comissão, com efeito imediato. O Milan gostaria de agradecer ao senhor Allegri e sua equipe pelo trabalho realizado e desejar o maior sucesso profissional. O time será provisoriamente treinado pelo senhor Mauro Tassotti”, diz o comunicado da equipe.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Allegri assumiu o Milan em 2010 e ganhou o título italiano na sua primeira temporada, antes de terminar a competição nacional com um vice-campeonato e um terceiro lugar nas temporadas seguintes. Apesar do bom desempenho, ele nunca foi o treinador favorito de Silvio Berlusconi, proprietário do clube. Aos 53 anos, Tassotti é um assistente de longa data no Milan e passou 17 anos de sua carreira como jogador do clube.

Ainda é incerto o seu tempo de permanência na equipe, que no momento tem o meia Clarence Seedorf, do Botafogo, e o técnico da seleção italiana, Cesar Prandelli, entre os cotados para a vaga de treinador. Aos 37 anos, Seedorf deve seguir jogando pelo Botafogo, mas já indicou que gostaria de treinar o Milan após o final da sua carreira. Prandelli tem contrato com a seleção italiana a expirar depois da Copa de 2014, em julho. O contrato de Allegri com o Milan iria até o final desta temporada.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League